Iniesta mantém confiança no Barça

O médio Andrés Iniesta não tem dúvidas que o Barcelona poderá ganhar fora ao Atlético de Madrid, depois do 1-1 registado na primeira mão em Camp Nou.

Andrés Iniesta e restantes companheiros do Barcelona agradecem o apoio dos adeptos no final do encontro
Andrés Iniesta e restantes companheiros do Barcelona agradecem o apoio dos adeptos no final do encontro ©AFP/Getty Images

Apesar de o FC Barcelona ter apenas empatado e sofrido um golo em casa, fruto do fabuloso tiro de Diego, ao mesmo tempo que perdeu Gerard Piqué por quatro semanas, Andrés Iniesta disse ao UEFA.com que estava satisfeito por ter feito parte de uns "fantásticos quartos-de-final". O médio do Barcelona fez a assistência para o golo de Neymar num passe que é sua marca registada e elogiou ainda o brasileiro, que continua a ser o único jogador dos "blaugrana" que marcou contra o Club Atlético de Madrid nos quatro jogos entre os dois conjuntos disputados esta temporada, tendo ainda reiterado a sua confiança em que o Barcelona irá levar a melhor em Madrid.

Andrés Iniesta, médio do Barcelona
Sabíamos que seria um grande jogo, muito intenso - como se podia esperar numa fase destas da UEFA Champions League. Estamos conscientes da valia do adversário. Agora a eliminatória continua em aberto e vamos a Madrid com o objectivo de conseguirmos o apuramento para as meias-finais.

O golo do Diego? Foi um remate maravilhoso, de tão longe, pelo que pouco se pode fazer quando alguém apanha a bola tão bem. Diria que a reacção que fizemos para chegar ao empate foi o mais importante para nós. Depois de empatarmos, partimos em busca do segundo até ao final. Acho que quem viu o jogo assistiu a um fantástico encontro dos quartos-de-final.

No que respeita ao nosso golo, o Neymar tem muito talento, muita qualidade. Com um momento apenas, uma acção, ele pode virar um jogo e o resultado. Estamos muito contentes pelo seu golo e agora temos que fazer com que tal seja suficiente para virar as coisas a nosso favor. Nenhum de nós tem dúvidas da nossa capacidade em ganhar lá, sobre o nosso estilo de jogo ou sobre a nossa equipa. Que vai ser difícil, também sabemos. Vamos a Madrid com toda a confiança que nos podemos apurar.