United vence grupo e elimina Shakhtar

Manchester United FC 1-0 FC Shakhtar Donetsk
Phil Jones marcou e garantiu ao United a vitória no Grupo A, enquanto a derrota eliminou o Shakhtar devido ao triunfo do Leverkusen.

United vence grupo e elimina Shakhtar
United vence grupo e elimina Shakhtar ©UEFA.com

O Manchester United FC jogou para trás das costas as suas preocupações na Premier League, obtendo uma vitória por 1-0 sobre o FC Shakhtar Donetsk – um resultado que eliminou os campeões ucranianos da UEFA Champions League e deu aos anfitriões a vitória no Grupo A.

O golo de Phil Jones aos 67 minutos valeu ao United a sua terceira vitória seguida em casa no Grupo A, e deixou o Shakhtar a amaldiçoar uma série de oportunidades perdidas durante um jogo em que teve três vezes mais remates à baliza que o adversário. Enquanto o United pode agora olhar para o sorteio de segunda-feira referente aos oitavos-de-final, o Shakhtar esperará mais uma hora pelo sorteio dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, depois de o Bayer 04 Leverkusen lhe ter roubado o segundo lugar.

O United encarou o jogo à espera de grandes melhoras relativamente à sequência de derrotas nas competições domésticas, com o Everton FC e o Newcastle United FC, e a resposta do treinador David Moyes foi colocar em campo uma equipa com seis alterações relativamente ao desafio com o Newcastle, ainda que o titular mais notado tenha sido um jogador que actuara no domingo, o avançado de 18 anos Adnan Januzaj. O belga estava a fazer a sua estreia na UEFA Champions League e sublinhou o seu potencial bem cedo, com uma inteligente rotação e remate à baliza de Andriy Pyatov.

Com o United já qualificado, a necessidade de um bom resultado por parte do Shakhtar era indiscutivelmente maior, e a equipa colocou os seus homens no ataque em todas as oportunidades. Quase obtiveram um golo aos 13 minutos, quando Taison recebeu a bola no meio-campo, livrou-se de um molho de camisolas vermelhas que lhe surgiram à frente e passou a bola a Alex Teixeira, que sob pressão de Jonny Evans rematou de pé esquerdo ao lado do segundo poste. O United mostrava-se vulnerável e Teixeira quase chegou à vantagem, quando se afastou em velocidade de Ryan Giggs no meio-campo e passou pelo meio dos centrais, mas o seu remate foi direito às mãos de David De Gea.

Rio Ferdinand perdeu depois a bola para Teixeira sobre o lado direito da defesa do United, mas a oferta da bola que se seguiu para Fred terminou com um remate bloqueado pelo defesa-central. O jogo não era, no entanto, de sentido único, já que Ashley Young falhou duas boas oportunidades. O Shakhtar voltou a carregar após o intervalo e Yaroslav Rakitskiy viu o seu remate desviado por Jones para o poste, na sequência de um canto.

No final, porém, foi Jones quem teve a intervenção decisiva do outro lado do campo. O Shakhtar não conseguiu afastar convenientemente a bola batida em pontapé de canto pelo suplente utilizado Robin van Persie, ao primeiro poste, e o esférico sobrou para Jones, que bateu para o fundo das redes com remate colocado.