Saviola empurra Olympiacos

Olympiacos FC 3-1 RSC Anderlecht
O Olympiacos falhou duas grandes penalidades, mas o bis de Javier Saviola ajudou a qualificar os gregos como segundos classificados do Grupo C.

Saviola empurra Olympiacos
Saviola empurra Olympiacos ©AFP/Getty Images

Dois golos de Javier Saviola ajudaram à vitória do Olympiacos FC por 3-1 sobre o RSC Anderlecht, garantindo assim o segundo lugar no Grupo C e a qualificação para os oitavos-de-final da UEFA Champions League. Silvio Proto, ao defender duas grandes penalidades, uma das quais de Saviola, adiou ao máximo a decisão num partida em que os visitantes terminaram com oito jogadores.

Sem a referência Kostas Mitroglou na área, a entrada musculada do Olympiacos na partida pecou por falta de alguém na área que dê-se sequência ao que Javier Saviola tentava construir a meio-campo. Por isso, não foi de estranhar que apenas de bola parada, por Paulo Machado (15) e por José Holebas (22) tenha alvejado a baliza belga.

O Anderlecht, por seu lado, apostou em linhas próximas quando era tempo de defender e de saídas rápidas para o contra-ataque sempre que recuperava a bola. O problema, contudo, residia na capacidade de circulação e, na verdade, depressa os gregos a recuperavam e retomavam a ofensiva.

O minuto 33 acabou por romper com a normalidade, primeiro quando Saviola, após combinar com David Fuster, atirou junto ao poste e, segundos volvidos, quando o espanhol rematou, a bola embateu num defesa e ficou à mercê do argentino, que inaugurou o marcador com um remate cruzado.

O estado de graça durou cinco minutos, pois de um contra-ataque iniciado por Andy Najar, a bola chegou a Guillaume Gillet que, após deitar Roberto assistiu Sacha Kljestan para a igualdade.

Após o descanso a intranquilidade grega ameaçou continuar quando, no minuto 49, o árbitro considerou que Cheikhou Kouyaté fez penalty, expulsou-o mas Saviola permitiu que Silvio Proto entrasse para a história do jogo. O argentino redimiu-se nove minutos volvidos num pontapé acrobático após infantilidade da defesa do Anderlecht, recolocando o Olympiacos a vencer.

Roberto (67) evita o empate com uma defesa à queima-roupa a remate de Gillet. Três minutos depois, Vladimir Weiss foi derrubado na área por Fabrice N'Sakala, com o criativo eslovaco a bater o penalty para nova defesa do herói Proto. Na outra área, pairou o empate mas o diálogo de Gillet (74) com Roberto continuou a sorrir ao guarda-redes.

Fuster (83) causou sensação com um remate de fora da área que sai junto ao travessão, enquanto o Anderlecht viu N’Kasala (88) também expulso, por acumulação de cartões. No último minuto dos descontos, novo penalty e expulsão de Proto por derrube a Weiss. Na baliza, Aleksandar Mitrović não deteve o remate final de Alejandro Domínguez.

Topo