Bayern não abranda frente ao City

"Ser segundo não é opção para nós", disse o treinador do Bayern, Josep Guardiola, quando a sua equipa se prepara para tentar suster o assalto do City à liderança.

Josep Guardiola dirige o treino
Josep Guardiola dirige o treino ©Getty Images

Josep Guardiola pediu ao FC Bayern München para confirmar o seu estatuto de vencedor do Grupo D, quando defrontar o seu mais directo, e único, perseguidor, o Manchester City FC, na sexta jornada.

O Bayern somou dez vitórias consecutivas na UEFA Champions League, um recorde, e será a única equipa a terminar a fase de grupos com o máximo de pontos possível caso vença uma equipa do City que conta com "jogadores incríveis". Guardiola prometeu que "ser segundo não é opção", à medida que Manuel Pellegrini procura dar uma resposta positiva à derrota caseira de 3-1 que os seus pupilos sofreram frente ao campeão, em Outubro. Se melhorar a margem desse triunfo, a equipa inglesa termina no primeiro posto devido à vantagem no confronto directo.

Bayern
Josep Guardiola, treinador
O nosso primeiro objectivo era o apuramento para a fase seguinte e o segundo era ganhar o grupo. Estou muito entusiasmado perante a possibilidade de um bom encontro e espero que os jogadores compreendam o quanto ele é importante. O Manchester City tem futebolistas incríveis e são sempre capazes de criar boas ocasiões. No entanto, se jogarmos da nossa forma habitual, temos boas hipóteses de terminar em primeiro. Ser segundo classificado não é opção.

Os recordes são agradáveis, mas existem muitos aspectos para melhorar, tal como manter a posse da bola durante mais tempo. Somar 18 pontos seria um feito notável. O Manchester City possui vários jogadores de grande qualidade. Precisa de marcar três golos para ser primeiro do grupo. Se não jogarmos bem, têm oportunidade de nos causar problemas. Estamos entusiasmados com este desafio.

Ganhámos ao Bremen [por 7-0, no sábado], mas amanhã espero uma partida mais renhida. Não nos vão dar os espaços entre linhas de que gostamos, por isso teremos de estar ao nosso melhor nível.   

Resultado do fim-de-semana
Sábado: SV Werder Bremen 0-7 FC Bayern München (Lukimya og 21, Van Buyten 27, Ribéry 38 82, Mandžukić 60, Müller 68, Götze 90)
Neuer; Rafinha, Boateng (Dante 61), Van Buyten, Alaba; Thiago (Pizarro 76), Müller, Götze, Kroos (Kirchhoff 70), Ribéry; Mandžukić.

• O Bayern não perde há 40 jogos na Bundesliga e somou 90 pontos nos 32 desafios do campeonato em 2013. Não perdeu nenhum dos seus últimos 79 jogos (74 vitórias e cinco empates) nos quais marcou primeiro.

Notícias da equipa
Arjen Robben não é opção devido a uma lesão num joelho, enquanto Philipp Lahm (coxa) e Bastian Schweinsteiger (tornozelo) falharam o jogo com o Bremen. No entanto, Franck Ribéry e Claudio Pizarro regressaram à acção e Xherdan Shaqiri fez parte da ficha de jogo pela primeira vez desde o início de Outubro. Mario Götze sofreu um ligeiro toque frente ao Bremen, mas Guardiola está optimista em relação à sua utilização.

Manchester City
Manuel Pellegrini, treinador
É um jogo importante. Podemos já estar apurados, mas ainda precisamos de melhorar e compensar a derrota caseira frente ao Bayern. Joe Hart vai jogar – temos de pensar no presente em vez do passado, e tenho muita confiança na sua capacidade.

Preferíamos terminar no primeiro lugar do grupo, mas é difícil, depois de já termos defrontado uma equipa do Bayern muito forte. Jogaram melhor do que nós [em Manchester] e vai ser extremamente complicado vencê-los por 3-0 no seu estádio. No entanto, vamos dar o máximo para que isso aconteça.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: Southampton FC 1-1 City (Osvaldo 42; Agüero 10)
Pantilimon; Zabaleta, Kompany, Demichelis, Kolarov; Milner (García 62), Touré (Džeko 79), Fernandinho, Nasri; Agüero, Negredo (Navas 62).

• Agüero elevou a sua conta pessoal para 19 golos em 18 jogos, pelo clube e selecção, com o tento inaugural frente ao Southampton. A formação de Manuel Pellegrini ganhou apenas dois dos oito jogos realizados fora esta temporada, registando quatro derrotas.

Notícias da equipa
Matija Nastasić e Stevan Jovetić são baixas confirmadas devido a lesões nos gémeos, enquanto Gaël Clichy não viajou até Munique devido a um pequeno problema num pé. Yaya Touré está castigado. 

Estatística
• O registo caseiro do Bayern frente a equipas inglesas é de dez vitórias, cinco empates e duas derrotas. Perdeu por 2-0 com o Arsenal FC nos oitavos-de-final da época passada, mas prevaleceu devido aos golos fora, após ter ganho a primeira mão em Londres, por 3-1. O Bayern também perdeu a final da edição 2012 da UEFA Champions League, frente ao Chelsea FC, no desempate por penalties, no seu recinto, apesar de nessa noite, tecnicamente, ter contado como campo neutro.