Sneijder saboreia "doce recordação" após golo decisivo

Wesley Sneijder ficou com "doce recordação" do golo decisivo que apurou o Galatasaray, ao passo que Giorgio Chiellini, da Juventus, recusou-se a encontrar desculpas.

Didier Drogba festeja juntamento com o autor do golo Wesley Sneijder
Didier Drogba festeja juntamento com o autor do golo Wesley Sneijder ©AFP/Getty Images

Um jogo emotivo, que se estendeu por dois dias, tinha de ter um final condizente e Wesley Sneijder, do Galatasaray AŞ, tratou de o arranjar quando marcou um golo aos 85 minutos que garantiu ao clube turco a passagem aos oitavos-de-final da UEFA Champions League, momento que descreveu com uma "doce recordação". Enquanto a neve caía em redor do Ali Sami Yen Spor Kompleksi, os jogadores da Juventus viram as esperanças de seguir em frente no Grupo B terminarem quase sobre o apito final, mas, ainda assim, o defesa Giorgio Chiellini foi contundente na derrota. "O Galatasaray merece todo o respeito" disse, antes de centrar atenções na final da UEFA Europa League que se irá jogar em Turim.

Wesley Sneijder, médio do Galatasaray
Obviamente que estou no sétimo céu com este resultado. É um grande resultado e uma grande noite, não só para a equipa, o clube e os adeptos, mas também para o futebol turco. Foi bom ter marcado, mas considero-me apenas mais que quer ajudar a equipa. Todos nós merecemos respeito, e também os adeptos que desafiaram o mau tempo.

Teria votado num cenário destes se pudesse, marcar a cinco minutos do final. Um cenário perfeito para nós. É algo especial poder jogar com Didier Drogba . Lembro-me vagamente de ter festejado o golo com ele e de ter rebolado na neve que estava junto ao relvado, e ouvi que já há fotografias a circular na internet. Estou desejoso de poder encontrar essa foto, porque guardá-la será sempre uma boa recordação.

Felipe Melo, médio do Galatasaray
Lembro-me que quando se soube que no grupo B iam estar o Real Madrid, a Juventus, o Copenhaga e o Galatasaray, alguns comentadores italianos disseram que a Juventus iria deixar para trás pelo menos dois adversários - os dinamarqueses e nós. Fiquei desapontado com isso e por isso hoje foi como se tivesse feito uma pequena vingança. Não é contra a Juventus enquanto clube, os jogadores ou os adeptos. Joguei em Turim e tenho lá muitos amigos. Mas estes comentadores deviam saber que a este nível não há equipas fáceis.

Todas as equipas que se qualificam para a UEFA Champions League merecem respeito. Talvez algumas pessoas próximas da Juventus tivessem pensado que podiam manter a boa forma que têm mostrado na Série A. Provámos que eles estavam enganados. Creio que jogámos de forma mais inteligente que eles e, honestamente, merecemos ganhar. Qual é o segredo de Didier Drogba? Não sei, mas uma coisa eu tenho a certeza: nos últimos três anos o mundo inteiro falou sobre a retirada dele e olhem para ele. Ele é fabuloso.

Giorgio Chiellini, defesa da Juventus
Não vale a pena procurar desculpas. Ter de garantir um apuramento em Istambul nunca é fácil. Ouvi o Felipe Melo dizer que talvez tenhamos subestimado o Galatasaray. Não concordo. O Galatasaray merece todo o respeito. Agora temos de centrar atenções na UEFA Europa League, que também é uma boa competição. E o facto de nesta temporada a final ser jogada em Turim, torna esta prova ainda mais atractiva para a Juventus.