Pellegrini satisfeito com desempenho do City

Manuel Pellegrini destacou a "importante vitória" do Manchester City frente ao Bayern, enquanto Josep Guardiola reconheceu que há que aprender com os erros.

David Silva marcou o primeiro do Manchester City
David Silva marcou o primeiro do Manchester City ©AFP/Getty Images

Josep Guardiola, treinador do Bayern
Parabéns ao Manchester City por esta grande vitória. Algumas vezes é preciso perder um jogo. Na Bundesliga ganhámos tudo, em Manchester vencemos por 3-1, mas agora perdemos e temos que viver com isso. Agora já estamos com a cabeça na próxima semana, em Marraqueche [estágio para o Campeonato do Mundo de clubes].

Na primeira parte não cometemos muitos erros, mas nos primeiros dez minutos da segunda parte, não jogámos bem. No geral estamos satisfeitos. Encontrámos uma grande equipa na fase de grupos; o Manchester City jogou muito bem esta noite. Mas o ambiente no balneário está bom.

Dei os parabéns aos jogadores pelo conseguido e espero que tenhamos percebido agora quão difícil é jogar na Europa. Nem sempre tivemos o jogador certo no local adequado no relvado. Temos de trabalhar isto. É esta a lição que aprendemos hoje.

Penso que é algo que temos que saber o que é, o que significa perder. Os adversários têm também bons jogadores e bons treinadores. É sempre complicado. Mas começámos muito bem e nos primeiros 30 minutos estivemos muito bem. No final tivemos de gerir a posse de bola e usar o contra-ataque. O Manchester City é uma boa equipa e temos que ter algo mais do que apenas a bola nos pés.

Manuel Pellegrini, treinador do Manchester City
É uma vitória muito importante. Alguém disse ontem que este jogo não era importante - mas foi, pois queríamos vingar o encontro em nossa casa. Jogámos muito mal nessa ocasião. Vencer aqui, marcar três golos sem [Vincent] Kompany, Yaya Touré e [Sergio] Agüero, mostra que temos um plantel muito bom.

Não jogámos nos primeiros 15 minutos, mas começámos a ter mais bola e depois estivemos tão bem como o Bayern. O ideal para recuperar confiança depois de estar a perder 2-0 é marcar. Depois disso, começámos a confiar naquilo que sabemos fazer e o facto é que todos os jogadores começaram a jogar melhor.

É muito importante ganhar o grupo, mas não é a coisa mais importante. Estive tentado em lançar o Agüero [perto do final] mas pensei também que seria um risco manter o [David] Silva, pois ele não pode jogar mais que 70 minutos nesta altura.

Espero que a vitória de hoje tenha um efeito positivo no resto da época. Sei que não temos tido bons resultados nos jogos fora da Premier League, mas não jogámos mal na maior parte desses jogos. Temos que continuar a procurar um estilo de jogo e esta partida foi muito importante para nós.