Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Factos e números da sexta jornada

O UEFA.com analisa as principais estatísticas antes do fim da fase de grupos, incluindo presságios positivos para Galatasaray, Arsenal e Ajax, e um potencial recorde de golos.

O Ajax ganhou em Milão no primeiro jogo de Frank de Boer à frente da equipa
O Ajax ganhou em Milão no primeiro jogo de Frank de Boer à frente da equipa ©Getty Images

Jogos de terça-feira
Grupo A: Manchester United FC - FC Shakhtar Donetsk, Real Sociedad de Fútbol - Bayer 04 Leverkusen
• Após ter batido Leverkusen e Real Sociedad em Old Trafford, o United tenta completar um "hat-trick" de vitórias caseiras na fase de grupos da UEFA Champions League pela primeira vez desde 2007/08.

• O Leverkusen visita Espanha pela primeira vez desde que perdeu por 7-1 em casa do FC Barcelona, nos oitavos-de-final da edição 2011/12 da UEFA Champions League. Foi a sua derrota mais pesada nas competições europeias e completou a eliminação da equipa de Robin Dutt com um resultado total de 10-2.

Grupo B: Galatasaray AŞ - Juventus, Real Madrid CF - FC København
• O Galatasaray não perdeu em casa os últimos nove jogos frente a adversários italianos, somando seis vitórias e três empates.

• O Real marcou 18 golos nos seus cinco primeiros jogos. United (1998/99) e Barcelona (2011/12) detêm o recorde do maior número de golos marcados numa fase de grupos da UEFA Champions League, com 20.

Grupo C: SL Benfica - Paris Saint-Germain, Olympiacos FC - RSC Anderlecht
• O Benfica ganhou os dois jogos anteriores em casa frente ao Paris, por 2-1, nos oitavos-de-final da edição 2010/11 da UEFA Europa League, e por 3-1, nos oitavos-de-final da edição 2006/07 da Taça UEFA.

• Olympiacos e Anderlecht disputaram um amigável no Pireu a 7 de Agosto, com os anfitriões a vencerem por 1-0, golo de Dimitris Siovas.

Grupo D: FC Bayern München - Manchester City FC, FC Viktoria Plzeň - PFC CSKA Moskva
• O Bayern ganhou 14 das últimas 16 partidas caseiras na UEFA Champions League em Munique, a mais recente por 5-0, frente ao Plzeň, na terceira jornada.

• O Plzeň tenta prolongar a sua campanha europeia até ao novo ano pela terceira época consecutiva. A equipa de Pavel Vrba perdeu os dois jogos caseiros realizados até ao momento no Grupo D, sem ter marcado um único golo, mas tinha ganho dez das 11 partidas caseiras anteriores nas competições europeias, incluindo três triunfos consecutivos na fase de qualificação desta temporada. Antes das derrotas no terreno de Bayern (3-0) e City (5-2), o CSKA tinha perdido apenas duas vezes em 11 encontros fora nas competições da UEFA.

Jogos de quarta-feira
Grupo E: Chelsea FC - FC Steaua Bucureşti, FC Schalke 04 - FC Basel 1893
• O Steaua não ganha há 22 jogos na UEFA Champions League propriamente dita, desde um triunfo por 4-1 em casa do FC Dynamo Kyiv, a 13 de Setembro de 2006. Pelo facto de não ter batido o Schalke na quinta jornada, o Steaua igualou a pior série sem vitórias na UEFA Champions League, estabelecida pelo FC Spartak Moskva entre 5 de Dezembro de 2000 e 22 de Novembro de 2006.

• Da última vez que o Basileia se deslocou para defrontar adversários alemães, sofreu uma derrota por 7-0 frente ao Bayern, na segunda mão dos oitavos-de-final da edição 2011/12 da UEFA Champions League. Foi a sua derrota mais pesada nas competições da UEFA, tendo em conta que ganhou o primeiro jogo por 1-0.

Grupo F: SSC Napoli - Arsenal FC, Olympique de Marseille - Borussia Dortmund
• O Arsenal saiu vencedor em quatro das últimas sete visitas a Itália, registando apenas duas derrotas durante esse período. Em 28 jogos frente a clubes italianos, contabiliza 14 vitórias, oito empates e seis derrotas (cinco vitórias, quatro empates e cinco derrotas fora).

• Dortmund e Marselha defrontaram-se na sexta jornada da edição 2011/12, com a formação francesa a recuperar de uma desvantagem de dois golos para vencer por 3-2 na Alemanha, apurando-se para os oitavos-de-final à custa do seu adversário.

Grupo G: FC Porto - Club Atlético de Madrid, FK Austria Wien - FC Zenit
• Foi em solo espanhol que o Porto se despediu da UEFA Champions League na temporada passada, por culpa de uma derrota por 2-0 frente ao Málaga CF, nos oitavos-de-final, que confirmou a eliminação com um resultado total de 2-1.

• O Áustria sofreu três derrotas consecutivas no Ernst-Happel-Stadion nas competições europeias – frente a GNK Dinamo Zagreb, no "play-off", bem como perante Porto e Atlético, no Grupo G. Um quarto desaire, frente ao Zenit, prolongaria aquela que já é uma série recorde do clube. O Zenit ganhou três dos quatro jogos fora realizados até ao momento nesta edição do torneio.

Grupo H: AC Milan - AFC Ajax, FC Barcelona - Celtic FC
• O treinador do Ajax, Frank de Boer, dirigiu uma vitória em San Siro, no seu primeiro jogo no comando técnico do clube de Amesterdão, em Dezembro de 2010, no final de mais uma campanha na fase de grupos da UEFA Champions League.

• O Celtic espera evitar uma quarta derrota consecutiva fora nas competições europeias esta época, após ter sido batido por FC Shakhter Karagandy, no "play-off", bem como por Milan e Ajax, no Grupo H. Não marcou golos em qualquer um desses jogos.

Topo