Real Madrid confirma apuramento

Real Madrid CF 4-1 Galatasaray AŞ
O Real superou a expulsão de Sergio Ramos e garantiu o primeiro lugar do Grupo B com golos de Bale, Arbeloa, Di María e Isco.

Gareth Bale comemora depois de dar vantagem ao Real Madrid na marcação de um livre
Gareth Bale comemora depois de dar vantagem ao Real Madrid na marcação de um livre ©Getty Images

O Real Madrid CF começou mal o encontro e ficou reduzido a dez jogadores antes de atingida a meia-hora de jogo, mas conseguiu vencer mais uma vez o Galatasaray AŞ e confirmou a passagem aos oitavos-de-final da UEFA Champions League como vencedor do Grupo B.

A expulsão de Sergio Ramos, aos 26 minutos, foi o acontecimento que fez despertar os anfitriões, que ganharam vantagem graças a um livre de Gareth Bale. O Galatasaray, ainda a ambicionar fazer companhia à equipa de Carlo Ancelotti na fase seguinte, apesar de ter sofrido nova goleada face aos espanhóis, empatou logo a seguir com um golo de Umut Bulut. O Real controlou o resto do encontro e conseguiu um triunfo tranquilo no segundo tempo graças aos remates certeiros de Álvaro Arbeloa, Ángel Di María e de Isco.

O Real Madrid apostou num 4-2-3-1 nos primeiros minutos na tentativa de fazer face à ausência de Cristiano Ronaldo, autor de oito golos na presente edição. A táctica quase produziu resultados logo aos quatro minutos: a equipa da casa teve uma excelente oportunidade para ganhar vantagem quando Isco lançou Bale mas, isolado frente a Eray İşcan, o internacional galês rematou ao lado.

Os “merengues” marcaram 14 golos nos primeiros quatro jogos, mas o clube que já foi por nove vezes campeão europeu sentiu algumas dificuldades no ataque. A expulsão de Ramos por puxar Umut Bulut só veio agravar o mal-estar, mas o alívio surgiu quando Bale fez a bola contornar a barreira do Galatasaray na marcação de um livre e inaugurar o marcador.

O Galatasaray entrou em campo no segundo lugar e apresentou de início o português Bruma e, apesar do desaire com o FC København na quarta jornada, conseguiu restabelecer a igualdade um minuto depois. Didier Drogba fez um passe soberbo de “trivela” que surpreendeu a defesa espanhola, na qual Pepe foi titular, e Umut Bulut só teve de concluir com tranquilidade.

O ritmo de jogo continuou a aumentar no segundo tempo e aos seis minutos Arbeloa recebeu um passe de Di Maria e aproveitou para marcar o segundo golo em 56 jogos na UEFA Champions League. O internacional espanhol também participou no terceiro golo do Real Madrid, recebendo a bola de Isco do flanco e aproveitando para devolver a gentileza a Di Maria, que aumentou a vantagem dos anfitriões.

A equipa da casa já parecia mais aquela que em Setembro goleou os turcos por 6-1 e, a nove minutos do final, decidiu definitivamente o encontro, com Isco a aproveitar um ressalto para marcar um belo golo. O Galatasaray é agora obrigado a vencer a Juventus na última jornada, a 10 de Dezembro, para garantir o segundo lugar, enquanto o Real Madrid viaja tranquilamente para Copenhaga já com a sua posição definida.