Torres eufórico por bisar pelo Chelsea

"Estou satisfeito com a vitória e, claro, pelos meus dois golos", disse Fernando Torres ao UEFA.com após inspirar o Chelsea ao triunfo em casa do Schalke, para quem Julian Draxler viu aspectos positivos.

Fernando Torres dá ao Chelsea o 2-0
Fernando Torres dá ao Chelsea o 2-0 ©Getty Images

"Estou muito satisfeito com a vitória e, claro, com os meus dois golos", disse Fernando Torres ao UEFA.com, depois de inspirar o Chelsea FC para uma vitória por 3-0 em casa do FC Schalke 04, um resultado que garantiu aos londrinos a liderança do Grupo E, com seis pontos, em igualdade com a equipa anfitriã desta jornada.

O ponta-de-lança de Espanha admite que a margem folgada da vitória é possivelmente injusta para o rival. Julian Draxler, do Schalke, concorda com a ideia e sublinha que "ganhou a equipa mais esperta", mas apesar de tudo ainda consegue tirar aspectos positivos deste jogo.

Fernando Torres, avançado do Chelsea FC
Estou muito satisfeito com a vitória e, claro, com os meus dois golos. Os três pontos eram muito importantes depois de termos começado a qualificação com uma derrota com o Basileia. Somos agora primeiros do grupo e temos ainda pela frente dois jogos em casa, pelo que podemos dizer que estamos no caminho certo.

O resultado não reflecte realmente o andamento do jogo. Foi muito mais equilibrado do que o desfecho aparenta, e o Schalke teve muita posse de bola no primeiro tempo. Simplesmente não conseguiram marcar.

Eden Hazard, avançado do Chelsea
Penso que tivemos uma excelente actuação a nível defensivo esta noite, especialmente depois de o Schalke ter atacado muito no final do primeiro tempo. Jogaram bom futebol, mas mantivemo-nos firmes e estamos muito satisfeitos com o resultado.

Não creio que faltem qualidades ao Schalke. Penso que são os detalhes que decidem os jogos, e aproveitámos as nossas oportunidades. Eles usufruíram de mais posse de bola, mas sempre que a tivemos fizemos tudo para marcar.

André Schürrle, avançado do Chelsea
Definitivamente foi uma noite de muito trabalho. O Schalke teve muita posse de bola, o que não estava nos nossos planos. Queríamos dominar a esse nível, mas fomos encostados à defesa e tivemos de esperar pelas oportunidades de contra-ataque para virar o jogo a nosso favor.  

Julian Draxler, médio do Schalke
Penso que a equipa mais esperta venceu esta noite. Eles tiveram três oportunidades de golo e marcaram-nas. Talvez tenhamos sido algo inocentes. Não podemos dar-nos ao luxo de cometer erros individuais frente a uma equipa como o Chelsea.

Ainda estamos no comando e temos tudo nas nossas mãos, o que é bom. Temos de ver como jogamos em casa do Chelsea. Aprendemos com o jogo desta noite e sabemos agora que temos de fazer melhor. 

Benedikt Höwedes, defesa do Schalke
O resultado é inequívoco, mas penso que o jogo teve um sentido diferente. Estivemos bem na primeira parte. Concedemos um golo tonto a partir de um lance de bola parada, mas criámos oportunidades suficientes e penso que merecíamos o empate. 

A segunda parte foi bastante mais difícil, porque o Chelsea remeteu-se à defesa com dez homens na zona da grande área, limitando-se a esperar pelo contra-ataque. Cometemos alguns erros individuais na fase de construção e eles puniram-nos de forma brutal.

Timo Hildebrand, guarda-redes do Schalke
Penso que tivemos uma ou duas boas oportunidades, mas estamos a falar de um adversário como o Chelsea. Eles defenderam muito bem e é muito difícil deitá-los a baixo. É esse o estilo deles - sabemos disso há anos. Temos agora de analisar esta derrota, aprender com ela e tentar fazer melhor na próxima vez.

Conteúdos relacionados