O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Ancelotti aliviado, Conte vê aspectos positivos

Enquanto Carlo Ancelotti se mostrou grato pelo facto de o Real Madrid ter ganho "um jogo difícil", Antonio Conte disse acreditar que a Juventus "provou que pode jogar a este nível".

Cristiano Ronaldo rejubila por um dos dois golos que marcou à Juventus
Cristiano Ronaldo rejubila por um dos dois golos que marcou à Juventus ©Getty Images

Carlo Ancelotti, treinador do Real Madrid
Vencemos um jogo difícil. Podíamos ter jogado melhor, mas o resultado é muito importante para nós. Tivemos apenas alguns problemas do lado direito, onde não fomos tão consistentes a defender. Fora isso, a equipa teve um bom equilíbrio.

Fizemos já três jogos com este sistema [4-3-3]. A equipa sente-se confortável com esta táctica e não vamos mudar. Gareth Bale gosta de jogar do lado direito e vai sempre jogar aí. A equipa está confiante. Temos de ir agora a Camp Nou para vencer e precisamos de estar no nosso máximo, mostrar a mais alta qualidade.

Antonio Conte, treinador da Juventus
Gostei da forma como os rapazes jogaram hoje, provámos que podemos jogar a este nível se realmente quisermos. Esta noite perdemos apenas devido a um par de detalhes, coisas que não nos correram bem. Joguei com quatro defesas porque o Real Madrid é muito forte nas alas e trata-se de um sistema que os meus jogadores conhecem perfeitamente, mesmo que tenhamos jogado com três defesas ultimamente. Claudio Marchisio esteve muito bem na faixa lateral, globalmente fizemos um jogo muito bom, mas não foi fácil jogar a segunda parte com dez homens.

Estivemos ao mesmo nível do Real Madrid e podíamos mesmo ter ganho o jogo. As coisas estão agora mais difíceis, mas provámos que conseguimos ser competitivos frente a qualquer adversário. No ano passado fomos superados pelo Bayern e esta época fizemos um grande jogo contra uma equipa que está mais ou menos ao mesmo nível do campeão europeu. Por isso, ao contrário do que muitos disseram antes do jogo, não acho que estejamos em crise, muito pelo contrário.