Visita do Benfica dá oportunidade de melhorar ao PSG

Ambas as equipas ganharam na primeira jornada do Grupo C e agora o PSG recebe o Benfica na expectativa de melhorar o registo anterior de jogos entre os dois emblemas.

Nicolás Gaitán marcou no Parc des Princes quando o Benfica bateu o PSG em 2011
Nicolás Gaitán marcou no Parc des Princes quando o Benfica bateu o PSG em 2011 ©AFP/Getty Images

O Paris Saint-Germain FC recebe o SL Benfica na segunda jornada do Grupo C da UEFA Champions League com margem para melhorar, depois de ter saído derrotado nos dois anteriores duelos com os "encarnados".

• Ambas as equipas iniciaram com triunfos a participação no Grupo C, o PSG derrotando fora o Olympiacos FC por 4-1 enquanto o Benfica, em casa, bateu o RSC Anderlecht por 2-0.

Jogos anteriores
• As duas equipas defrontaram-se há dois anos nos oitavos-de-final da UEFA Europa League, com o Benfica a defender com sucesso a vitória em Lisboa por 2-1 com um empate 1-1 no Parc des Princes.

• O clube de Lisboa recuperou no primeiro jogo depois de Péguy Luyindula ter aberto o activo. O empate surgiu através de Maxi Pereira, com Franco Jara a completar a reviravolta.

• O Benfica dilatou a vantagem em França com um golo de Nicolás Gaitan, aos 27 minutos, respondendo o PSG num remate de Mathieu Bodmer a restabelecer a igualdade, o que permitiu aos homens de Jorge Jesus seguir em frente.

• As equipas do jogo de Paris, no dia 17 Março de 2011, foram:
PSG: Apoula Édel, Ceará (Maurice 44), Sakho, Tiéné, Mevlüt Erdinç (Giuly 68), Makelele, Bodmer (Hoarau 68), Nenê, Chantôme, Armand, Jallet.
Benfica: Roberto, Luisão, Javi García, Cardozo, Salvio, Aimar (César Peixoto 80), Maxi Pereira, Coentrão, Gaitán (Jardel 90), Sidnei, Saviola (Carlos Martins 64).

• O outro duelo entre as duas equipas aconteceu nos oitavos-de-final da Taça UEFA, em 2006/07, com a equipa de Fernando Santos a ser derrotada em Paris pelo conjunto de Paul Le Guen por 2-1, mas prevalecendo em Lisboa após vencer por 3-1. Uma grande penalidade cobrada por Simão Sabrosa, aos 89 minutos, a castigar derrube de Youssuf Mulumbu – que foi expulso – a Léo na grande área parisiense revelou-se decisiva para o desfecho da eliminatória.

Retrospectiva
• O PSG, na fase de grupos pela sexta vez, não perdeu nenhum dos seis jogos em casa com equipas portuguesas, vencendo quatro e empatando dois.

• A última vez ocorreu na época 2012/13, na fase de grupos da UEFA Champions League, quando bateu o FC Porto por 2-1, subindo ao primeiro lugar no grupo, tendo perdido em Portugal por 1-0. Nos jogos em casa e fora contra equipas portuguesas o registo é V5 E3 D4.

• A última visita do Benfica a França ocorreu na última temporada, nos oitavos-de-final da UEFA Europa League, quando venceu por 3-2 o FC Girondins de Bordeaux, para um total na eliminatória de 4-2, consumando a quarta vitória consecutiva nos últimos cinco jogos diante de equipas da Ligue 1.

• Os 24 jogos contra formações francesas surtiram no seguinte registo V12 E6 D6 (V4 E2 D6 em França).

• Na última época, o PSG atingiu os quartos-de-final onde empatou com o FC Barcelona em casa por 2-2 e 1-1 em Espanha, acabando eliminado pelos golos marcados fora. A campanha iniciou-se com uma vitória caseira por 4-1 sobre o FC Dynamo Kyiv, seguindo-se 4-0 ao GNK Dinamo Zagreb e depois o Porto. Nos oitavos-de-final, o campeão francês derrotou o Valencia CF, fora, por 2-1, e empatou em casa 1-1.

• Na sua nona participação, as "águias", duas vezes campeãs europeias, vão tentar melhorar o registo da última época em que foram terceiros no seu grupo. Fora, começaram com um empate 0-0 diante do Celtic FC, depois uma derrota 2-1 com o FC Spartak Moskva, terminando com novo empate sem golos frente ao FC Barcelona.

• Em consequência dessa classificação, a equipa portuguesa transitou para a UEFA Europa League e começou por vencer fora o Bayer 04 Leverkusen antes do triunfo em Bordéus. Nos quartos-de-final, empatou 1-1 no reduto do Newcastle United FC por um total de 4-2 e, nas meias-finais, perdeu em Istambul por 1-0 com Fenerbahçe SK antes de ganhar na segunda mão por 3-1.   

• Na final em Amesterdão, o Benfica perdeu 2-1 com o Chelsea FC. Uma grande penalidade de Óscar Cardozo fez o empate após Fernando Torres ter inaugurado o marcador, até que nos descontos uma cabeçada de Branislav Ivanović valeu o troféu para os ingleses.

Ligações entre as equipas
• Jorge Jesus enfrentou o PSG em 2008/09 nos oitavos-de-final da UEFA Europa League, então ao comando do SC Braga, tendo sido eliminado por 1-0 no total.

• Nico Gaitán, Ezequiel Garay, Eduardo Salvio e Enzo Peréz jogaram ao lado de Javier Pastore e de Ezequiel Lavezzi pela Argentina.

• Luisão jogou ao lado de Thiago Silva e de Alex em dois amigáveis pelo Brasil em 2006 e 2011, respectivamente

• Maxwell e Luisão foram colegas de equipa no Cruzeiro na época 2000/01.

• Nemanja Matić jogou com Alex no Chelsea em 2009/10.