Vela reencontra-se na Real

"Aqui encontrei o meu lugar", disse o avançado da Real Sociedad, Carlos Vela, que procura o seu primeiro golo na fase de grupos desde Setembro de 2010, altura em que militava no Arsenal.

Carlos Vela festeja o primeiro dos seus dois golos no "play-off" frente ao Lyon
Carlos Vela festeja o primeiro dos seus dois golos no "play-off" frente ao Lyon ©AFP/Getty Images

Com a Real Sociedad de Fútbol pronta para o regresso à fase de grupos da UEFA Champions League dez anos depois, o avançado Carlos Vela acredita que os bascos têm qualidade suficiente para serem um valoroso adversário na prova.

A Real começa a sua participação em casa, ao defrontar os ucranianos do FC Shakhtar Donetsk, na noite de terça-feira, seguindo-se encontros com o Bayer 04 Leverkusen e o Manchester United FC, tudo isto depois da eliminação, no "play-off" do Olympique Lyonnais, em Agosto. Vela bisou na partida em casa dessa eliminatória - o segundo tento fruto de um grande lance individual -, situação que foi decisiva para a equipa de Jagoba Arrasate, que seguiu em frente com um total de 4-0.

"Jogar na UEFA Champions League é algo que não acontece todos os dias, pelo que temos de usufruir de tudo o que ela nos dá", disse o mexicano, de 24 anos. "A Champions League é muito importante pelo que representa para os adeptos e para o clube. Agora temos que defrontar três adversários muito difíceis. Temos de acreditar em nós e sinto que temos qualidade suficiente para seguir em frente."

Depois de uma travessia no deserto terminada com a subida ao escalão principal em 2010, o clube virou-se, após a partida de Philip Montanier rumo ao Stade Rennais FC, para o treinador Jagoba Arrasate, de 35 anos, antigo jogador das escolas do clube, pelo que Vela acredita que este semifinalista da Taça dos Campeões de 1983 (onde eliminou o Sporting Clube de Portugal nos quartos-de-final) encontrou a fórmula ideal.

"O clube estava certo em acreditar nas pessoas que cresceram aqui e ao querer manter o mesmo estilo de jogo da época passada", disse o avançado, que marcou o golo 3000 do emblema de San Sebastian na Liga espanhola, entre os 14 apontados na época passada.