Arsenal bate recorde para contratar Özil ao Real

O médio-ofensivo Mesut Özil tornou-se no jogador mais caro da história do Arsenal, com os londrinos a pagarem cerca de 50 milhões de euros ao Real Madrid pelo alemão de 24 anos.

Mesut Özil esteve três anos no Santiago Bernabéu
Mesut Özil esteve três anos no Santiago Bernabéu ©Getty Images

O Arsenal FC estabeleceu um novo recorde ao pagar cerca de 50 milhões de euros ao Real Madrid CF pela contratação de Mesut Özil.

Os londrinos, que este defeso só tinham contratado o avançado Yaya Sanogo e assegurado o regresso do médio Mathieu Flamini, investiram forte para a contratação do médio-ofensivo no último dia do período de transferências.

Özil esteve três anos em Madrid, mas já cumpriu as formalidades da transferência em Munique, onde está com a selecção alemã a preparar os embates com a Áustria e as Ilhas Faroé, de qualificação para o Campeonato do Mundo.

"Estamos muito satisfeitos por termos contratado o Mesut Ozil", explicou o treinador do Arsenal, Arsène Wenger. "É um grande jogador, de qualidade comprovada ao nível de clubes e na selecção. Há algum tempo que o vínhamos observando e gostamos das suas qualidades, tem as características que procuro para os jogadores do Arsenal."

O antigo jogador do FC Schalke 04 acrescentou: "Estou muito feliz por chegar a um clube com a dimensão do Arsenal e ansioso por jogar na Premier League. Vai ser óptimo para o meu desenvolvimento como jogador e estou especialmente ansioso por trabalhar com o Arsène Wenger. É evidente que o clube tem ambições elevadas e quero fazer parte desse futuro promissor."

Campeão espanhol pelos "merengues" em 2011/12, o médio de 24 anos deixa Madrid com 19 golos marcados em 105 jogos do campeonato. Özil, que regista 47 internacionalizações pela Alemanha, chegou ao Santiago Bernabéu em Agosto de 2010 oriundo do SV Werder Bremen por cerca de 15 milhões de euros, depois de ter ajudado a Alemanha a alcançar o terceiro lugar no Campeonato do Mundo na África do Sul.

Um ano antes, Özil integrou a selecção alemã que venceu o Campeonato da Europa de Sub-21 na Suécia, tendo marcado no triunfo, por 4-0, na final com Inglaterra.

Os "gunners" também garantiram os serviços do guarda-redes Emiliano Viviano no último dia de transferências. O internacional italiano de 27 anos foi emprestado até ao final da época pelo US Città di Palermo, que na temporada passada foi despromovido à Série B. "O Viviano é um jogador que vínhamos observando há algum tempo e estamos muito satisfeitos por ter conseguido este empréstimo", acrescentou Wenger. "É experiente e mostrou qualidades a alto nível. É uma excelente alternativa aos guarda-redes que já tínhamos no plantel."

O Arsenal vai medir forças com Borussia Dortmund, Olympique de Marseille e SSC Napoli no Grupo F da UEFA Champions League.