Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Schalke em forma para o desafio europeu

Com o Schalke a realizar algumas contratações perspicazes no mercado de transferências, existe a esperança de que a equipa está bem apetrechada para fazer uma época de sucesso.

Ádám Szalai marcou na estreia pelo Schalke na Bundesliga
Ádám Szalai marcou na estreia pelo Schalke na Bundesliga ©Getty Images

À medida que o FC Schalke 04 se prepara para mais uma aventura na UEFA Champions League, existe uma sensação de optimismo a rodear o clube, após um Verão produtivo no mercado de transferências.

Partindo para a nova temporada da Bundesliga como uma de apenas duas equipas consideradas pela crítica como tendo hipóteses realistas de desafiar FC Bayern München e Borussia Dortmund – a outra é o Bayer 04 Leverkusen –, o Schalke fez algumas contratações perspicazes.

Talvez demasiado dependentes de Klaas-Jan Huntelaar no passado, os "royal blues" garantiram os serviços de Ádám Szalai, um dos avançados mais desejados na primeira divisão alemã, oriundo do 1. FSV Mainz 05. E Szalai assinalou a estreia no campeonato com o último golo no empate 3-3 em casa frente ao Hamburger SV, a 11 de Agosto.

Suplente há oito dias, Szalai não vai servir apenas como alternativa a Huntelaar, autor de um bis ante o Hamburgo – é possível que venha a formar dupla com o internacional holandês em 4-4-2, sistema que o Schalke vai utilizar ocasionalmente para ser "mais flexível", segundo o treinador Jens Keller.

"Queremos usar as nossas forças e experimentámos diversas tácticas na pré-época", disse Keller, a preparar a equipa para receber o PAOK FC na quarta-feira, em jogo da primeira mão do "play-off" da UEFA Champions League. "O esquema que eu escolher não depende dos nossos adversários; estamos concentrados apenas em nós."

São palavras de confiança vindas de um treinador que procura injectar alguma juventude na sua equipa, sem no entanto comprometer as ambições e expectativas da direcção e dos adeptos. Os "mineiros" contrataram o jovem Leon Goretzka, de 18 anos – médio bastante talentoso –, enquanto Keller gostaria de dar mais tempo de jogo a Max Meyer, de apenas 17 anos. O médio-ofensivo Julian Draxler, que completa 20 anos no próximo mês, é um elemento fundamental da equipa há já algum tempo.

Se perguntarem aos adeptos, ganhar os dois derbies da época frente ao Dortmund terá sempre prioridade, mas após a Primavera passada, altura em que o seu rival bateu o registo do Schalke, que atingiu as meias-finais da edição 2011 da UEFA Champions League, o desejo de uma campanha duradoura na principal competição europeia de clubes cresceu significativamente.

Topo