Laços familiares dão força ao Légia

Os novos reforços do Légia, Hélio Pinto e Dosa Júnior, são cunhados e colegas de equipa, e partilham o objectivo de jogarem juntos na UEFA Champions League.

Dosa Júnior (na imagem ao serviço do AEL) reencontrou-se com o seu cunhado no Légia
Dosa Júnior (na imagem ao serviço do AEL) reencontrou-se com o seu cunhado no Légia ©Getty Images

Se os adeptos do Legia Warszawa conseguirem perceber um entendimento imediato entre Hélio Pinto e Dosa Júnior, contratado este Verão, não devem ficar surpreendidos.

A dupla, oriunda do Chipre, nunca tinha jogado junta antes do desafio com o The New Saints FC, na semana passada, mas já se conhecia suficientemente bem, pois Hélio Pinto é casado com a irmã de Dosa Júnior.

A ligação familiar chegou agora ao futebol, após Hélio Pinto ter sido contratado ao APOEL FC e o seu cunhado ao AEL Limassol FC. "Há muitos anos que desejávamos jogar juntos, pois já fomos adversários em diversas ocasiões", refere o médio português ao UEFA.com.

Dosa Júnior deu-se a conhecer no campeonato cipriota e agora espera dar igualmente nas vistas na Polónia, sendo que a presença do cunhado só pode ser considerada benéfica. "Antes de tomar a decisão, o Hélio já era jogador do Légia, e como é óbvio isso influenciou", admite. "O Légia é um clube ambicioso, com um estádio fantástico e adeptos incríveis, factores que me convenceram."

A ambição do Légia na prova é evidente e, à partida para a segunda mão da segunda pré-eliminatória, esta quarta-feira, tem vantagem sobre o TNS, por 3-1.

Hélio Pinto gostaria de voltar a participar na fase de grupos da UEFA Champions League, agora ao serviço do seu novo clube. "É uma competição inesquecível. Espero que a experiência que acumulei possa beneficiar o Légia, rumo à fase de grupos", acrescenta.

Numa análise ao conjunto polaco, disse: "Trata-se de uma equipa jovem, mas com vários jogadores talentosos, os quais eu gostaria de ajudar a atingir todo o seu potencial."