Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Luxemburgueses do Fola perante o teste do Dínamo

A recompensa do Fola Esch pelo primeiro título de campeão do Luxemburgo conquistado em 83 anos é um embate ante o Dínamo de Zagreb, que Jakob Dallevedove considera "um dos adversários mais difíceis".

Stefano Bensi, avançado do Fola Esch, num jogo pela selecção do Luxemburgo
Stefano Bensi, avançado do Fola Esch, num jogo pela selecção do Luxemburgo ©Getty Images

O CS Fola Esch comemorou há poucas semanas o primeiro título de campeão do Luxemburgo em 83 anos, depois de um triunfo sensacional por 5-1 sobre o AS Jeunesse Esch, mas agora o clube está perante o desafio de disputar a segunda pré-eliminatória da UEFA Champions League.

O Fola Esch está sedeado numa cidade com apenas 30,000 habitantes e a recompensa pela conquista do título é um embate ante o poderoso GNK Dinamo Zagreb. O médio alemão Jakob Dallevedove está motivado por defrontar uma equipa que na época passada marcou presença na fase de grupos e que já contou com jogadores como Zvonimir Boban, Davor Šuker, Luka Modrić e Mario Mandžukić.

"É uma grande experiência", explicou Dallevedove, que marcou 25 golos em 78 jogos do campeonato em quatro épocas no clube. "Já participei nas pré-eliminatórias da UEFA Europa League, mas fomos eliminados pelo Elfsborg. Antes do sorteio, o treinador disse que tínhamos de passar à ronda seguinte, mas calhou-nos o Dínamo de Zagreb, que era um dos adversários mais difíceis".

O Dínamo é claramente favorito para seguir em frente, mas o Fola Esch está motivado pelos resultados recentemente conseguidos pela selecção do Luxemburgo e pelos rivais domésticos na UEFA Europa League. O Luxemburgo conseguiu três empates no Grupo F de qualificação para o Campeonato do Mundo, enquanto, na semana passada, FC Differdange 03 e Jeunesse Esch passaram à segunda pré-eliminatória da UEFA Europa League. O Fola Esch também baseia a sua crença no resultado conseguido na época passada pelo F91 Dudelange nesta ronda, quando deixou pelo caminho os austríacos do FC Salzburg.

"Todas as equipas têm pontos fracos, que vamos tentar aproveitar", explicou o avançado luxemburguês Stefano Bensi. "Queremos passar à eliminatória seguinte. Temos hipóteses se seguirmos o plano que traçámos no início da época. Vamos dar muita luta. Como qualquer jogador, não ficarei satisfeito com um empate, pelo que prometo que vamos lutar pela vitória na terça-feira".

Topo