Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Lewandowski elogia Dortmund implacável

"O Real Madrid não sabia como nos parar", disse Robert Lewandowski após os seus quatro golos marcados pelo Dortmund, com Neven Subotić a acrescentar: "A forma como jogámos torna o resultado justo".

Robert Lewandowski festeja os quatro golos marcados
Robert Lewandowski festeja os quatro golos marcados ©AFP/Getty Images

Robert Lewandowski estava eufórico após marcar os quatro golos na vitória concludente do Borussia Dortmund sobre o Real Madrid CF, por 4-1, na primeira mão, resultado que culminou dois dias memoráveis para a Alemanha na UEFA Champions League. Numa noite "quase perfeita" para o emblema da Bundesliga, o avançado polaco, que se tornou no primeiro jogador na história da competição a marcar quatro golos num jogo das meias-finais, disse ao UEFA.com que, ainda assim, é muito cedo para dar o Real como eliminado. Quanto a Mats Hummels, acredita que os "merengues" vão atacá-los na máxima força na próxima terça-feira, em jogo da segunda mão.

Robert Lewandowski, avançado do Dortmund
Foi quase perfeito. Obviamente, estou satisfeito porque ganhámos por 4-1 e foi uma exibição notável, mas ainda não estamos apurados para a final. Esta noite demos um grande passo, mas precisamos de estar atentos desde o primeiro minuto do jogo em Madrid, porque eles continuam a ser muito perigosos.

Somos uma boa equipa e não temos medo do Real Madrid, mas em Espanha teremos que jogar muito bem. Como disse, ainda não estamos na final e temos de nos certificar que realizamos uma boa exibição na segunda mão. Eles também querem chegar à final.

O ambiente foi incrível ao longo de toda a partida. Jogámos muito bem na segunda parte e o Real Madrid não sabia como nos parar. Marcámos três golos e jogámos incrivelmente bem.

O Real vai ser perigoso em Madrid, por isso precisamos de estar concentrados. Ainda não penso na final, porque é muito cedo para isso. Se estivermos a bom nível em Madrid, então podemos começar a falar sobre isso.

Mats Hummels, defesa do Dortmund
Penso que podemos estar muito orgulhosos da exibição da equipa esta noite. A forma como jogámos é indicativa da qualidade dos jogadores e estou ainda mais satisfeito pela forma como a equipa reagiu ao meu erro. A forma como lidámos com ele e o que mostrámos depois disso foi fantástico.

É um resultado soberbo, como é óbvio, mas o Real Madrid é ainda mais forte em casa. Vai atacar-nos durante os 90 minutos e teremos que nos prevenir. Vai ser o jogo mais difícil das nossas carreiras até ao momento, mas se sobrevivermos a esse teste, podemos ficar muito orgulhosos, e esse é, claro, o nosso objectivo.

Agora estamos em excelente posição, mas dizer que estamos com um pé na final é prematuro. O Bayern deve seguir em frente, e nós esperamos conseguir o mesmo.

Neven Subotić, defesa do Dortmund
Penso que a forma como jogámos torna o resultado justo. Criámos bastantes oportunidades e defendemos bem. Não nos podemos deixar entusiasmar porque a eliminatória ainda só vai a meio. Precisamos de ir a Madrid e sabemos, por experiência própria, que eles vão ser muito mais fortes lá do que foram aqui esta noite.

Antes do erro do Hummels não ganhei o meu duelo com o [Luka] Modrić, por isso eu também tenho cula no golo do [Cristiano] Ronaldo. Aqui, se alguém erra, a culpa é de toda a equipa. O mesmo princípio se aplica com os golos que marcámos. Não foi o Lewandowski que marcou quatro, mas sim a equipa.

Fiquei surpreendido com o resultado final. Esperava que o Real atacasse mais, mas foi relativamente defensivo. Acabou por não jogar da sua forma normal. É claro que espera marcar mais em Madrid, mas nós desejamos fazer o mesmo, apostando no contra-ataque, mas defendemos bem, marcámos golos e as coisas correram-nos de feição, e não a favor do adversário.

Topo