Dortmund tenta pôr fim à estreia de sonho do Málaga

Após o nulo da primeira mão, o Dortmund procura colocar ponto final na notável campanha de estreia do Málaga quando as duas equipas se reencontrarem na Alemanha.

Retrospectiva: Borussia Dortmund - Málaga CF ©Getty Images

O Borussia Dortmund vai procurar colocar um ponto final na notável campanha de estreia do Málaga CF na UEFA Champions League, quando as duas equipas medirem forças na Alemanha na segunda mão dos quartos-de-final.

• O nulo em Espanha foi o primeiro de sempre entre as duas equipas em competições oficiais e constituiu igualmente a primeira ocasião em que a formação espanhola enfrentou um adversário germânico nas provas de clubes da UEFA.

Retrospectiva
• Este é o quarto jogo do Dortmund frente a uma equipa espanhola na presente edição da UEFA Champions League. Na terceira jornada os campeões alemães em título receberam e venceram o Real Madrid CF por 2-1, graças aos golos de Robert Lewandowski e Marcel Schmelzer - seguiu-se um 2-2 no Santiago Bernabéu -, e assumiram assim a liderança do Grupo D, com três pontos de avanço sobre os "merengues".

• A vitória na recepção ao Real foi a primeira em seis jogos do Dortmund em casa diante de oponentes espanhóis; os cinco anteriores embates tinham resultado em três empates e duas derrotas.

• O Dortmund venceu o FC Shakhtar Donetsk por 3-0 em casa após um empate 2-2 no jogo fora, e ganhou os quatro jogos caseiros na competição desta época. Está nos quartos-de-final pela primeira vez desde 1997/98 quando, na qualidade de detentor do troféu, foi eliminado nas meias-finais. A equipa alemã atingiu os "quartos" em três anos consecutivos, entre 1996 e 1998.

• A derrota por 1-0 do Málaga no terreno do FC Porto, na primeira mão dos oitavos-de-final - ganhou na segunda mão por 2-0 - foi a primeira sofrida pelo emblema espanhol na UEFA Champions League; os seus anteriores oito jogos na prova, a contar desde o embate dos "play-offs" com o Panathinaikos FC, tinham resultado em quatro vitórias e quatro empates.

• Caso o Málaga atinja as meias-finais, o treinador Manuel Pellegrini repetirá o feito que logrou na sua primeira época ao leme do Vilarreal CF, em 2005/06, quando a formação espanhola apenas foi batida pelo Arsenal FC, nas meias-finais, na sua época de estreia na prova.

• O emblema espanhol empatou duas vezes em casa nas provas europeias, ambas por 0-0 e na Taça UEFA de 2002/03. O Leeds United AFC perdeu por 2-1 na segunda mão da terceira eliminatória. O AEK Athens FC perdeu 1-0 na ronda seguinte.

• A primeira mão assinalou o sétimo empate do Dortmund em primeiras mãos fora de casa nas provas da UEFA e registou seis triunfos totais em eliminatórias, com excepção para o afastamento nas meias-finais da Taça UEFA de 1994/95, frente à Juventus. O clube alemão venceu as três eliminatórias nas quais empatou 0-0 fora em primeiro lugar, incluindo ante o FC Bayern München, nos quartos-de-final da UEFA Champions League de 1997/98.

Ligações entre as equipas• Martín Demichelis jogou pelo FC Bayern München de 2003 até Janeiro de 2011. Conquistou a Bundesliga e a Taça da Alemanha por quatro vezes e venceu cinco dos nove jogos contra o Dortmund, tendo-se registado ainda um empate.

• Roque Santa Cruz esteve no Bayern de 1999 a 2007. Nesse período celebrou cinco títulos de campeão e quarto taças, tendo também conquistado em 2000/2001 a UEFA Champions League. Nos 11 jogos contra o Dortmund, o atacante paraguaio marcou três golos, com o Bayern a vencer seis jogos e a perder apenas um.

• Nuri Şahin trocou o Dortmund pelo Real Madrid CF no Verão de 2011, mas regressou ao clube alemão ano e meio depois, num empréstimo acordado em Janeiro. Nos dez jogos que fez pelos "merengues" em 2011/12, apontou um golo.  

• Sebastian Kehl e Santa Cruz foram adversários quando a Alemanha bateu o Paraguai por 1-0, no prolongamento, em partida dos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de 2002.   

 • Júlio Baptista foi suplente utilizado na meia-final entre o Brasil e a Alemanha – vitórias dos "canarinhos" por 3-2 – da Taça das Confederações, em Nuremberga. Patrick Owomoyela esteve no banco da Alemanha.

• Javier Saviola e Kehl jogaram a segunda parte quando a Argentina bateu a Alemanha por 1-0 num jogo amigável, em Estugarda, no dia 17 Abril de 2002.

• Saviola jogou também pela Argentina no empate (2-2) em outro amigável com a Alemanha, em que Owomoyela esteve também em campo, em Dusseldorf , no dia 9 Fevereiro de 2005.

• Sergio Sánchez, pela Espanha, e Marcel Schmelzer, pelo lado alemão, como suplente utilizado, empataram (0-0) em 2009 na fase de grupos do Campeonato da Europa de Sub-21, em partida disputada em Gotemburgo.

• Robert Lewandowski, Łukasz Piszczek e Jakub Błaszczykowski jogaram pela Polónia na derrota por 3-1 num amigável contra o Uruguai do defesa Diego Lugano, jogado no dia 14 de Novembro de 2012, em Gdansk.

 • Lugano defrontou Mats Hummels, Marcel Schmelzer e Mario Götze quando o Uruguai perdeu 2-1 com a Alemanha, em Sinsheim, num jogo amigável disputado em 29 de Maio de 2011.