Robben: "Bayern já foi avisado uma vez"

Arjen Robben avisou o Bayern acerca do possível relaxamento após a vitória por 2-0 sobre a Juventus e recordou os oitavos-de-final frente ao Arsenal como uma "boa lição".

Arjen Robben e Franck Ribéry lideram os festejos do Bayern
Arjen Robben e Franck Ribéry lideram os festejos do Bayern ©Getty Images

Arjen Robben disse ao UEFA.com que o FC Bayern München "mereceu a vitória", após inspirar os bávaros a um triunfo por 2-0 sobre a Juventus. Robben, que alterou a dinâmica do jogo após entrar para o lugar de Toni Kroos, achou desafiante adaptar-se ao ritmo do jogo, mas ficou agradado com o seu contributo. Acredita que a experiência do Bayern na eliminatória anterior vai garantir que não desperdiça a vantagem em Turim, na próxima quarta-feira.

Arjen Robben, avançado do Bayern
Penso que estivemos muito confiantes e, no global, jogámos muito bem. Marcar um golo logo aos 30 segundos foi uma excelente forma de começar. Penso que controlámos o jogo e merecemos ganhar. Foi muito difícil sair do banco de suplentes logo aos 15 minutos. Não tive tempo para aquecer, por isso tive de me adaptar ao jogo rapidamente. Estava a ser disputado a um ritmo intenso e com bastante movimentação no flanco direito.

Teremos de esperar para ver [se o 2-0 é suficiente]. Já fomos avisados uma vez. Quando defrontámos o Arsenal e ganhámos por 3-1 fora, toda a gente penso que estava decidido. Como é óbvio, depois o resultado em casa deixou um sentimento de frustração, mas foi uma boa lição para nós.

Manuel Neuer, guarda-redes do Bayern
Não esperava que marcássemos tão cedo, e duvido que a Juve pensasse o mesmo. Foi uma surpresa para eles, mas bom para nós.

Regra geral, não se podem cometer erros na Champions League. Ao início deu para ver que tentávamos manter a posse da bola na construção do jogo, garantindo que não falhávamos passes. Não queríamos arriscar ficar sujeitos a contra-ataques ou conceder oportunidades ao adversário, e penso que conseguimos fazer isso muito bem.

Bastian Schweinsteiger, médio do Bayern
O meu instinto diz-me que precisamos de mais um golo. Tivemos algumas boas oportunidades para marcar o terceiro, mas em compensação não sofremos e a defesa esteve muito bem.

É muito divertido defrontar equipas de topo na Champions League. É um desafio e verdadeiramente inspirador para nós. No entanto, uma deslocação a Turim não é fácil, e a Juve vai jogar de forma diferente diante dos seus adeptos. Estamos em boa posição para seguir em frente, mas ainda não alcançámos nada. O importante vai ser marcar um golo fora.