Vilanova volta para confronto do Barça com PSG

Tito Vilanova vai estar no banco do Barcelona pela primeira vez em dois meses no embate ante o PSG dos quartos-de-final, sobre o qual Carlo Ancelotti tem "boa sensação".

Tito Vilanova (esquerda) vai regressar ao banco de suplentes do Barcelona em Paris
Tito Vilanova (esquerda) vai regressar ao banco de suplentes do Barcelona em Paris ©AFP/Getty Images

O regresso do treinador Tito Vilanova ao banco de suplentes do FC Barcelona, após dois meses a receber tratamento a um cancro em Nova Iorque, e o confronto de Zlatan Ibrahimović, avançado do Paris Saint-Germain FC ante a antiga equipa são dois enredos secundários numa partida dos quartos-de-final da UEFA Champions League que se prevê fascinante. O líder da Liga espanhola pode precisar de todo o arsenal ofensivo se quiser ganhar vantagem na primeira mão, esta terça-feira, já que o seu homólogo da Ligue 1 – invicto há 23 jogos em casa nas competições europeias – transformou o Parc des Princes numa autêntica fortaleza.

PSG
Carlo Ancelotti, treinador
Tenho uma boa sensação acerca deste jogo, tal como antes da eliminatória com o Valência. O que estamos a fazer nesta competição é muito bom. Provavelmente vai ser o jogo mais difícil que teremos esta época, mas provavelmente também o mais importante. Podemos não vir a ter muita posse de bola, mas cabe-nos a nós aproveitá-la bem quando a tivermos.

É muito difícil marcar jogadores como Zlatan Ibrahimović ou Lionel Messi. Não nos podemos concentrar nos jogadores adversários, mas sim nos nossos. A nossa abordagem táctica não vai mudar por causa do alinhamento adversário. Ultimamente, temos defendido bem, contra-atacado com propósito e praticado bom futebol quando de posse da bola.

Resultado do fim-de-semana
Sexta-feira: PSG 1-0 Montpellier Hérault SC (Gameiro 80)
Sirigu; Van der Wiel, Alex, Thiago Silva, Maxwell; Matuidi, Verratti (Beckham 71); Chantôme (Gameiro 71), Pastore; Ibrahimović, Ménez (Jallet 86).

• O PSG, líder da Ligue 1, não perde em casa há 13 jogos, todas as competições incluídas, contabilizando 11 vitórias desde a derrota por 2-1 frente ao Stade Rennais FC, a 17 de Novembro. O golo de Kevin Gameiro ante o Montpellier foi o seu primeiro no campeonato desde 21 de Dezembro. O avançado marcou seis vezes em 2012/13; o PSG ganhou sempre nessas ocasiões.

Notícias da equipa
Ibrahimović está disponível após o castigo de dois jogos ter sido reduzido para um. As esperanças de Carlo Ancelotti em recuperar Thiago Motta, que se queixou de problemas numa virilha, revelaram-se infrutíferas, no entanto Lucas recuperou de lesão e Ezequiel Lavezzi também volta a ser opção após ter descansado no fim-de-semana.

Barcelona
Jordi Roura, treinador-adjunto
É muito importante estarmos envolvidos nesta fase da competição, por isso estamos muito felizes pela presença em Paris. É uma grande equipa, com excelentes jogadores, como [Javier] Pastore e [Ezequiel] Lavezzi. Teremos que estar a 100 por cento se quisermos vencer.

Eles são rápidos no contra-ataque e fortes no jogo aéreo, especialmente com Ibrahimović e Thiago Silva, mas essas são apenas duas das suas opções: possuem mais recursos para ganhar. Vamos ter de nos adaptar um pouco, como é óbvio, mas não vamos mudar a nossa forma de jogar, apesar de termos estudado a forma de jogar do adversário.

Jordi Alba e Xavi Hernández têm pequenos toques mas a sua situação está a melhorar. Descansaram no fim-de-semana e tomaremos uma decisão após o último treino. Tito Vilanova vai estar no banco de suplentes amanhã, disso não há dúvida: ele é o treinador e estamos satisfeitos pelo seu regresso.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: RC Celta de Vigo 2-2 FC Barcelona
(Nacho Insa 38, Oubiña 88; Tello 43, Messi 73)
Pinto; Alves, Bartra, Piqué, Montoya; Thiago (Iniesta 65), Song, Fàbregas (Busquets 84), Tello, Alexis (Villa 68); Messi.

• A série de três vitórias consecutivas do Barcelona chegou ao fim mas, ainda assim, manteve os 13 pontos de vantagem na liderança da Liga espanhola. Com o golo apontado na segunda parte em Vigo, Messi facturou em 19 jogos consecutivos no campeonato; também se tornou no primeiro jogador a marcar a todas as equipas da La Liga de forma consecutiva.

Notícias da equipa
Xavi e Alba (ambos com estiramentos na coxa) não alinharam no fim-de-semana, mas foram considerados aptos para viajarem até Paris. O guarda-redes Víctor Valdés também está disponível após falhar o jogo com o Celta devido a castigo, contudo, Carles Puyol (joelho) e Adriano (coxa) continuam lesioandos e ficaram na capital da Catalunha.

Facto
O PSG atravessa uma série de 23 jogos caseiros sem perder nas competições europeias, que remonta ao desaire por 4-2 com o Hapoel Tel-Aviv FC, na fase de grupos da Taça UEFA, em Novembro de 2006. Ganhou sete jogos seguidos no Parc des Princes antes do empate a um com o Valencia CF, nos oitavos-de-final, que garantiu o apuramento com um resultado total de 3-2.