Höwedes "orgulhoso" do papel no Schalke

Benedikt Höwedes defende as cores do Schalke desde os 13 anos mas, numa altura em que se prepara para medir forças com o Galatasaray, garante manter o mesmo entusiasmo de sempre.

Höwedes "orgulhoso" do papel no Schalke
Höwedes "orgulhoso" do papel no Schalke ©UEFA.com

Presente em todos os jogos do FC Schalke 04 na presente edição da prova, Benedikt Höwedes vai procurar, esta terça-feira, ajudar a turma de Gelsenkirchen a carimbar a passagem aos quartos-de-final da UEFA Champions League, quando receber o Galatasaray AŞ.

O defesa-central alemão faz já parte da mobília da casa do Schalke, clube ao qual chegou em 2001, quando tinha apenas 13 anos. Menos de quatro anos mais tarde, estreou-se pela equipa principal num jogo em que ajudou a formação germânica a terminar sem sofrer golos, num triunfo por 2-0 em casa do Rosenborg BK, em Outubro de 2007, e pouco depois assumiu a braçadeira de capitão do clube. Cargo que ocupa com enorme prazer.

"É algo que me enche de orgulho", reconheceu ao UEFA.com o internacional alemão de 25 anos, elemento fulcral da equipa do Schalke que atingiu as meias-finais da prova em 2011. "Este é o meu segundo ano como capitão e estou muito orgulhoso por envergar a braçadeira de um clube tão grande como este. Tento cumprir os meus deveres de capitão o melhor possível, procuro ser um exemplo para os meus colegas e empurrar a equipa para a frente quando as coisas não estão a correr bem."

Höwedes confidencia que ainda fica "com pele de galinha" sempre que escuta o hino da UEFA Champions League antes de um jogo. Mas, com a formação orientada por Jens Keller num modesto sexto lugar na Bundesliga, a dez jornadas do fim da competição, se Höwedes quiser voltar a ouvir a música de que tanto gosta, na próxima temporada, talvez tenha de levar o Schalke à conquista do título europeu de clubes, em Wembley, a 25 de Maio.

Para já, terá de ultrapassar o Galatasaray, depois do empate 1-1 registado em Istambul, na partida da primeira mão. "É com a Champions League no pensamento que trabalhamos toda a época", destacou Höwedes. "É uma competição onde estão as melhores equipas da Europa e é aí que o Schalke pertence."

Para ver, na íntegra, a entrevista a Höwedes, clique no vídeo acima.

Conteúdos relacionados