Málaga com Dortmund no pensamento

O Málaga terá que ultrapassar o Dortmund, vencedor em 1997 da UEFA Champions League, se quiser atingir as meias-finais no seu memorável ano de estreia na competição.

Málaga tem muito que celebrar esta temporada
Málaga tem muito que celebrar esta temporada ©AFP/Getty Images

O Málaga CF vai tentar dar continuidade à sua estreia notável na UEFA Champions League e chegar às meias-finais, apesar de ter pela frente uma equipa formidável e em forma como é o Borussia Dortmund.  

• Esta é a primeira vez que as duas formações se vão defrontar e é a estreia da turma espanhola contra adversários alemães nas competições europeias.

Retrospectiva• A vitória por 2-0 sobre o FC Porto no La Rosaleda, no segundo jogo dos oitavos-de-final, deu ao Malága uma vantagem de 2-1 na eliminatória e aumentou para nove, em 12, o número de jogos sem sofrer golos nas competições europeias.

• A equipa de Manuel Pellegrini já derrotou esta temporada o FC Zenit St Petersburg (3-0) e o AC Milan (1-0) em casa, na fase de grupos, antes de empatar (2-2) com RSC Anderlecht. Terminou na liderança do Grupo C com mais quatro pontos que o sete vezes campeão europeu Milan. Tendo defrontado o Panathinaikos FC no "play-off" de apuramento, soma quatro vitórias e outros tantos empates na UEFA Champions League, antes da derrota sofrida na primeira mão no Porto (1-0)

• Caso o clube da Costa del Sol atinja as meias-finais, repete-se o feito de Manuel Pellegrini, ocorrido na sua época de estreia no Vilarreal CF, em 2005/06, quando apenas foi batido pelo Arsenal FC, nas meias-finais.

• O Dortmund já jogou em Espanha esta época na Champions League. Na quarta jornada empatou 2-2 com o Real Madrid CF, com os "merengues" a evitarem, através de uma conclusão de Mesut Özil, aos 89 minutos, a vitória dos germânicos. Ainda assim, este resultado contribuiu para que o Dortmund tenha terminado o Grupo D com mais três pontos que os nove vezes campeões europeus.

• Os homens de Jürgen Klopp's também empataram fora (1-1) com Manchester City FC e venceram por 4-1 o AFC Ajax, em Amesterdão, na fase de grupos.

• O registo de jogos do Dortmund em Espanha é de 1V 3E 5D, incluindo um desaire por 2-0 com o FC Barcelona na primeira mão da SuperTaça Europeia em 1997. O único triunfo averbado (1-0) ocorreu frente ao Club Atlético de Madrid, em 1996/97, na fase de grupos da UEFA Champions League, época em que conquistou o troféu.

• O Dortmund venceu o FC Shakhtar Donetsk por 3-0 em casa após um empate (2-2) no jogo fora, qualificando-se dessa forma para os quartos-de-final pela primeira vez desde 1997/98 quando, na qualidade de detentor do troféu, foi eliminado nas meias-finais. A equipa alemã atingiu os "quartos" em três anos consecutivos, entre 1996 e 1998.

Ligações entre as equipas• Martín Demichelis jogou pelo FC Bayern München de 2003 até Janeiro de 2011. Conquistou a Bundesliga e a Taça da Alemanha por quatro vezes e venceu cinco dos nove jogos contra o Dortmund, tendo-se registado ainda um empate.

• Roque Santa Cruz esteve no Bayern de 1999 a 2007. Nesse periodo celebrou cinco títulos de campeão e quarto taças, tendo também conquistado em 2000/2001 a UEFA Champions League. Nos 11 jogos contra o Dortmund, o atacante paraguaio marcou três golos, com o Bayern a vencer seis jogos e a perder apenas um.

• Nuri Şahin trocou o Dortmund pelo Real Madrid CF no Verão de 2011, mas regressou ao clube alemão ano e meio depois, num empréstimo acordado em Janeiro. Nos dez jogos que fez pelos "merengues" em 2011/12, apontou um golo.  

• Sebastian Kehl e Santa Cruz foram adversários quando a Alemanha bateu o Paraguai por 1-0, no prolongamento, em partida dos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de 2002, disputado em Jeju.   

 • Júlio Baptista foi suplente utilizado na meia-final entre o Brasil e a Alemanha – vitórias dos "canarinhos" por 3-2 – da Taça das Confederações, em Nuremberga. Patrick Owomoyela esteve no banco da Alemanha.

• Javier Saviola e Kehl jogaram a segunda parte quando a Argentina bateu a Alemanha por 1-0 num jogo amigável, em Estugarda, no dia 17 Abril de 2002.

• Saviola jogou também pela Argentina no empate (2-2) em outro amigável com a Alemanha, em que Owomoyela esteve também em campo, em Dusseldorf , no dia 9 Fevereiro de 2005.

• Sergio Sánchez, pela Espanha, e Marcel Schmelzer, pelo lado alemão, como suplente utilizado, empataram (0-0) em 2009 na fase de grupos do Campeonato da Europa de Sub-21, em partida disputada em Gotemburgo.

• Robert Lewandowski, Łukasz Piszczek e Jakub Błaszczykowski jogaram pela Polónia na derrota por 3-1 num amigável contra o Uruguai do defesa Diego Lugano, jogado no dia 14 de Novembro de 2012, em Gdansk.

 • Lugano defrontou Mats Hummels, Marcel Schmelzer e Mario Götze quando o Uruguai perdeu 2-1 com a Alemanha, em Sinsheim, num jogo amigável disputado em 29 de Maio de 2011.