Klopp saboreia "momento extraordinário" do Dortmund

A vitória sobre o Shakhtar continuou a época "tranquila" do Dortmund, segundo Jürgen Klopp, enquanto Mircea Lucescu reconheceu a superioridade do adversário.

Os jogadores do Dortmund festejam o golo de Jakub Błaszczykowski
Os jogadores do Dortmund festejam o golo de Jakub Błaszczykowski ©Getty Images

Jürgen Klopp, treinador do Dortmund
Este foi um dos nossos melhores jogos de sempre e é um momento extraordinário. Toda a campanha na UEFA Champions League tem corrido de forma tranquila. O Shakhtar mostrou todo o seu valor na segunda parte mas, neste jogo, fizemos uma exibição fantástica durante 80 minutos.

Não temos qualquer influência sobre a opinião das outras pessoas sobre o facto de podermos ou não alcançar a final. Os outros treinadores têm sido muito inteligentes ao colorem-nos entre os favoritos. Muitas equipas já foram eliminadas apesar de estarem a jogar muito bem e não consigo apontar um adversário ideal para nos calhar no sorteio. Estamos extremamente felizes com esta vitória e estou muito orgulhoso da minha equipa.

Mircea Lucescu, treinador do Shakhtar
Considero que o Dortmund mereceu o apuramento. Hoje foi muito difícil lutar contra esta equipa. O nosso adversário não criou grande perigo até aos 30 minutos, enquanto nós procurámos responder em contra-ataque, mas depois eles marcaram na sequência de um pontapé de canto e quase tudo se alterou.

Ao intervalo disse aos jogadores que tínhamos de mudar o nosso jogo e isso foi visível em campo. Criámos as nossas oportunidades, mas não conseguimos concretizar. O erro do nosso guarda-redes [no terceiro golo do Dortmund] terminou com tudo. Globalmente, o resultado corresponde àquilo que vimos em campo. Espero que o Dortmund chegue à final, são uma equipa muito forte.