Jesus orgulhoso da exibição do Benfica

Jorge Jesus não escondeu o orgulho no Benfica, apesar do nulo em casa do Barcelona ter sido insuficiente para garantir a qualificação: "Só faltou a vitória para ser uma noite perfeita."

Rafinha (ao centro) passa entre Ezequiel Garay e Luisão (à direita)
Rafinha (ao centro) passa entre Ezequiel Garay e Luisão (à direita) ©Getty Images

Tito Vilanova, treinador do Barcelona
A lesão de Messi é um rude golpe, mas ainda precisamos fazer mais exames para avaliar a lesão. A nossa primeira sensação é que é apenas um pequeno toque. Não sabemos quanto tempo terá de parar. Tínhamos previsto ele entrar na segunda parte, se o recorde do Gerd Müller fosse importante ele teria entrado de início.

Não foi um jogo fácil. Eles sabiam que tinham de vencer para seguir em frente e lutaram muito. O Benfica tem uma excelente equipa e no ano passado esteve quase a afastar o Chelsea, que viria a ser campeão europeu.

Jorge Jesus, treinador do Benfica
Não ganhámos, mas jogámos muito bem. Não há muitas equipas que tenham conseguido fazer aquilo que fizemos aqui em Camp Nou. Na primeira parte optámos por uma estratégia que deu resultados, mas que era muito desgastante. No segundo tempo sentimos que poderíamos marcar, o Nolito ficou perto do golo no reinício e o Maxi Pereira perto do final. Quando o jogo do Celtic estava 1-1, acreditávamos que poderíamos marcar, mas tenho de dar os parabéns aos meus jogadores.

Os nossos adeptos têm de perceber aquilo que conseguimos fazer neste estádio frente à melhor equipa do Mundo. Só faltou a vitória para ser uma noite perfeita. O Barcelona teve mais posse de bola, mas foi uma posse sem objectividade. O Benfica foi a melhor equipa e agora temos uma palavra a dizer na UEFA Europa League.