Ponto em Málaga insuficiente para Anderlecht

Málaga CF 2-2 RSC Anderlecht
Os belgas conseguiram chegar ao empate depois de terem estado por duas vezes em desvantagem, mas não conseguiram fugir ao quarto lugar.

O português Duda comemora depois de marcar o golo que deu o empate ao Málaga
O português Duda comemora depois de marcar o golo que deu o empate ao Málaga ©AFP/Getty Images

O Málaga CF empatou a dois golos na recepção à determinada equipa do RSC Anderlecht e terminou invencível a época de estreia na fase de grupos da UEFA Champions League.

Os espanhóis já tinham assegurado o primeiro lugar do Grupo C e pareciam ter garantido mais um triunfo graças a dois golos soberbos do português Duda, mas Milan Jovanović e Dieudonné Mbokani responderam no segundo tempo, com os golos a serem um prémio que não correspondeu à criatividade e ambição demonstradas pelos campeões belgas. No entanto, os espanhóis beneficiaram da excelente forma do guarda-redes Carlos Kameni para travar o Anderlecht, que falhou a qualificação para a UEFA Europa League.

A equipa da casa poupou oito habituais titulares, mas os portugueses Duda e Eliseu alinharam na equipa inicial, enquanto o treinador John van den Brom pediu cautela aos jogadores da equipa visitante, mas isto não impediu que a primeira parte fosse muito animada.

O Málaga podia estar a vencer por 3-0 aos 11 minutos. Manuel Iturra fez a bola passar a poucos centímetros do poste esquerdo da baliza de Silvio Proto, depois o guarda-redes levou a melhor no um-conta-um com Diego Buonanotte, depois de o atacante ultrapassar dois defesas na área. Logo a seguir, Oguchi Onyewu cruzou bem para Weligton, mas o avançado rematou por alto quando estava em boa posição para marcar.

A euforia da equipa da casa sofreu uma ligeira quebra quando Jérémy Toulalan caiu no relvado agarrado a uma coxa. Momentos depois de Ignacio Camacho entrar para o lugar do francês, Eliseu desmarcou Seba com um passe em profundidade, mas o jovem hesitou face a Proto e Behrang Safari conseguiu fazer um desarme arriscado após uma longa corrida.

A equipa de Manuel Pellegrini chegou em vantagem ao intervalo, depois de ter desperdiçado tantas oportunidades, muito graças à boa inspiração de Kameni, que fez a estreia na prova. A primeira defesa que realizou na UEFA Champions League vai estar entre as melhores da época. Jovanović fez um cruzamento perfeito aos 20 minutos para Mbokani, o cabeceamento foi violento, mas Kameni realizou uma espectacular defesa à queima-roupa. Seis minutos depois, voltou a bilhar a grande altura para desviar um remate de primeira de Massimo Bruno.

A recompensa para a equipa espanhola surgiu no final do primeiro tempo, quando Duda disparou de pé esquerdo e fez a bola entrar num dos ângulos superiores da baliza de Proto. Poucos segundos depois do reinício, um passe longo de Safari permitiu a Mbokani servir Jovanović, que fez um chapéu a Kameni e o empate para o Anderlecht. Logo a seguir, Jovanović rematou com estrondo ao poste da baliza do Málaga.

O encontro foi sempre de alta qualidade. Pouco depois de ultrapassada a hora de jogo, Duda mostrou um excelente controlo de bola para segurar um cruzamento de Buonanotte da esquerda e fez a bola passar por baixo do corpo do guarda-redes do Anderlecht.

Proto impediu o capitão do Málaga de fazer um "hat-trick" na marcação de um livre e Kameni, que lutou com Duda pela distinção de Melhor em Campo, defendeu um remate à queima-roupa de Jovanović. A última palavra pertenceu a Mbokani que fez o empate, a um minuto do final, quando correspondeu da melhor forma a um cruzamento de Sacha Kljestan.