O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Parar Ronaldo é fundamental para Lahm

Philipp Lahm já esqueceu o último revés do Bayern a nível interno e identificou a chave para vencer o Real Madrid: parar Cristiano Ronaldo, o homem que terá de marcar esta terça-feira.

Philipp Lahm está ansioso pela recepção ao Real Madrid
Philipp Lahm está ansioso pela recepção ao Real Madrid ©Getty Images

Há actualmente um ambiente soturno em Munique e não se deve apenas ao céu cinzento que se abate sobre a capital da Baviera.

Desde que o FC Bayern München praticamente entregou o título da Bundesliga ao BV Borussia Dortmund, no sábado à noite, tem chovido sem parar e também se prevê a queda de neve. Contudo, ao contrário do tempo, existe alta pressão sobre o capitão do Bayern, Philipp Lahm, e sobre os companheiros de equipa para conseguirem um bom resultado frente ao Real Madrid CF na primeira mão das meias-finais da UEFA Champions League, agendada para Munique, onde esperam disputar a final de 19 de Maio.

O Real Madrid pode estar em melhor forma, mas, em nove visitas a Munique, perdeu oito vezes e empatou uma. Lahm não se deixa afectar, no entanto, por esta estatística. "Esperamos defrontar uma das melhores equipas do Mundo e estamos ansiosos por este embate, mesmo tendo o máximo de respeito por eles. Eles lideram a Liga e estão a fazer uma grande temporada."

"Mas a nossa equipa também está em boa forma. Todos trabalham uns para os outros, temos um bom espírito de equipa. É claro que ainda queremos conquistar títulos. Estamos nas meias-finais da Champions League com equipas como o Chelsea, o Barcelona e o Real, e creio que isto mostra claramente a qualidade da equipa. Creio que a nossa situação é muito boa."

Lahm já tem experiência de eliminar o Real Madrid na UEFA Champions League. Nos oitavos-de-final da época de 2006/07, o Bayern perdeu por 3-2 em Espanha, mas triunfou por 1-0 em casa e qualificou-se através do desempate por golos marcados fora. Mas, se isso pertence ao passado, o Bayern também pode aproveitar actualmente a confiança dada por seis vitórias consecutivas em casa na presente edição da Champions League. Com efeito, os alemães venceram 13 dos últimos 14 encontros em casa nas competições europeias.

Todavia, para manter esse registo Lahm sabe que será necessário que o Bayern controle as movimentações do homem que, no fim-de-semana passado repetiu a proeza da época passada ao chegar aos 40 golos na Liga, Cristiano Ronaldo. "Tenho bastante respeito por Cristiano Ronaldo", disse Lahm. "Ele trabalhou bastante para ter o sucesso de que desfruta, mas também trabalha arduamente para ser ainda melhor, para atingir os seus objectivos e realizar os seus sonhos. Estou ansioso por este duelo com um dos melhores jogadores do Mundo."

"Mas temos que trabalhar todos em conjunto para pará-lo. Com Cristiano [Ronaldo] nunca se é capaz de controlá-lo durante os 90 minutos. Mas, se cumprirmos bem a nossa função e não lhe dermos muito espaço, há boas hipóteses de derrotarmos o Real Madrid. Eles vão tenta tudo para seguir daqui com um golo. Vão lutar desde o apito inicial, tal como nós. Num jogo como este, um único momento poderá ser decisivo. Estou muito positivo quanto ao jogo", assumiu Lahm.

Conteúdos relacionados