O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Perfil do semifinalista: Real Madrid

O Real Madrid tem brilhado nas competições europeias esta época e os adeptos sonham com o décimo triunfo na prova, mas a equipa de José Mourinho não terá vida fácil.

Perfil do semifinalista: Real Madrid ©Getty Images

Desde o Verão de 2002 que os adeptos do Real Madrid CF se interrogam no início de cada época se esse será o ano de "la décima", o décimo triunfo na Taça dos Clubes Campeões Europeus. A equipa de José Mourinho está pela segunda vez consecutiva nas meias-finais e, como as estatísticas são melhores do que na época passada, os "merengues" têm justificados motivos de optimismo.

Carreira esta época
A equipa dos internacionais portugueses Cristiano Ronaldo, Pepe, Ricardo Carvalho e Fábio Coentrão encontrou no Grupo D o AFC Ajax e o Olympique Lyonnias, que já tinha defrontado na época anterior. O GNK Dinamo Zagreb era a única equipa desconhecida dos espanhóis, mas isso não causou qualquer incómodo ao Real Madrid, que se tornou no quinto clube a vencer os seis jogos numa fase de grupos da UEFA Champions League, com um total de 19 golos. Nos oitavos-de-final surgiu mais um adversário desconhecido, mas o PFC CSKA Moskva foi afastado com um total de 5-2. Os madrilenos marcaram oito golos nos dois desafios com o APOEL FC nos quartos-de-final e terminaram com a sensacional caminhada dos campeões de Chipre.

Participações nas meias-finais
P22 V12 D10
Última participação: 2010/11 frente ao FC Barcelona (0-2 casa, 1-1 fora)

Registo frente ao adversário das meias-finais
O Real Madrid está a participar pela 23ª vez nas meias-finais, sendo o recordista de presenças nesta fase, mas o histórico de resultados frente ao FC Bayern München coloca algum travão na eventual euforia dos adeptos do clube que já conquistou por nove vezes a Taça dos Clubes Campeões Europeus. O Bayern venceu dez dos 18 encontros com os "merengues" e em quatro embates nesta fase da prova os gigantes alemães conseguiram a passagem à final em três ocasiões. A equipa de Jupp Heynckes tem ainda a motivação de saber que a final deste ano será disputada no seu estádio.

Oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2006/07 
Real Madrid CF 3-2 FC Bayern München
FC Bayern München 2-1 Real Madrid CF (total 4-4, Bayern apurado devido aos golos marcados fora)

Oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2003/04
FC Bayern München 1-1 Real Madrid CF
Real Madrid CF 1-0 FC Bayern München (total 2-1)

Quartos-de-final da UEFA Champions League de 2001/02
FC Bayern München 2-1 Real Madrid CF
Real Madrid CF 2-0 FC Bayern München (total 3-2)

Meias-finais da UEFA Champions League de 2000/01
Real Madrid CF 0-1 FC Bayern München
FC Bayern München 2-1 Real Madrid (total 3-1)

Meias-finais da UEFA Champions League de 1999/2000
Real Madrid CF 2-0 FC Bayern München
FC Bayern München 2-1 Real Madrid CF (total 2-3)

Segunda fase de grupos da UEFA Champions League de 1999/2000
Real Madrid CF 2-4 FC Bayern München
FC Bayern München 4-1 Real Madrid CF

Quartos-de-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1987/88
FC Bayern München 3-2 Real Madrid CF
Real Madrid CF 2-0 FC Bayern München (total 4-3)

Meia-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1986/87
FC Bayern München 4-1 Real Madrid CF
Real Madrid CF 1-0 FC Bayern München (total 2-4)

Meia-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1975/76
Real Madrid CF 1-1 FC Bayern München
FC Bayern München 2-0 Real Madrid CF (total 3-1)

Momento-chave 
O Real Madrid terminou o jogo de estreia na UEFA Champions League, no Stadion Maksimir, reduzido a dez jogadores e parecia condenado a um empate frustrante quando Ángel Di María apontou o único golo do encontro com um remate fantástico, no segundo tempo, permitindo à sua equipa começar da melhor forma uma participação na fase de grupos que se revelaria perfeita.

Frase
José Mourinho, treinador do Real Madrid
"Estou satisfeito com evolução da equipa na UEFA Champions League nos últimos dois anos. Quando cheguei aqui, o clube estava a passar por um período negro nas competições europeias, mas já conseguimos duas presenças consecutivas nas meias-finais."

Melhor marcador
Cristiano Ronaldo marcou oito golos está época e é o terceiro melhor marcador da prova, estando a fazer a melhor campanha em três anos na capital espanhola. "Estou a deixar a minha marca no Real Madrid, quero fazer história", afirmou recentemente o português de 27 anos. "Estou no ponto alto da minha carreira e quero continuar a desfrutar do momento."

Herói improvável 
Flagelado por lesões desde que foi contratado ao AC Milan em 2009, o brasileiro Kaká, que totaliza três golos e cinco assistências nesta edição da UEFA Champions League, recuperou a forma que levou o Real Madrid a investir 68 milhões para o levar para o Santiago Bernabéu. "Com o passar do tempo estou a ganhar cada vez mais confiança. Penso que estou a atingir a melhor forma na fase mais importante da época", explicou o médio-ofensivo ao UEFA.com.