O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Bis de Olić inspira Bayern

FC Bayern München 2-0 Olympique de Marseille (total: 4-0)
O Bayern ficou a dois jogos da final no seu estádio após dois golos de Ivica Olić terem confirmado a superioridade nos quartos-de-final.

Ivica Olić festeja o seu primeiro golo
Ivica Olić festeja o seu primeiro golo ©AFP/Getty Images

Ivica Olić aproveitou a oportunidade de jogar a titular e, com dois golos, confirmou a passagem do FC Bayern München às meias-finais da prova, num jogo em que o Olympique de Marseille nunca conseguiu dar réplica à equipa da casa.

O treinador Jupp Heynckes procedeu a várias alterações no Bayern, mas isso não impediu os alemães de dominarem o início do encontro. A jogar no lugar de Mario Gomez, Olić beneficiou de um bom trabalho de Franck Ribéry para inaugurar o marcador aos 13 minutos e, à passagem aos 37, estabeleceu o resultado final ao concluir um rápido contra-ataque com mais um desvio à entrada da pequena área.

O Bayern tinha uma vantagem confortável da primeira mão, só que entrou a pressionar e com várias jogadas de perigo. Os anfitriões ganharam vantagem numa grande jogada de Ribéry. O francês trabalhou bem no flanco direito e, de forma inteligente, serviu o ponta-de-lança croata no coração da área e este só teve de empurrar para a baliza.

O Marselha não se deixou abater e Stéphane Mbia obrigou Manuel Neuer a uma defesa espectacular aos 17 minutos. O jogo rapidamente regressou à toada inicial e, aos 27 minutos, Steve Mandanda foi obrigado a mostrar qualidades para defender dois remates de longa distância, primeiro de Toni Kroos e depois de Anatoliy Tymoshchuk.

No minuto seguinte, Olić recebeu a bola em excelentes condições para marcar, mas escorregou no momento do remate e Mandanda evitou o 2-0 com uma defesa por instinto. Dois minutos depois, foi a vez de Thomas Müller cabecear com perigo na sequência de um canto, mas Mandanda voltou a realizar uma defesa vistosa.

A pressão dos alemães era sufocante e aos 33 minutos Kroos desferiu um forte remate de fora da área. Com Mandanda batido, foi o poste a adiar o segundo golo dos anfitriões. A superioridade da equipa da casa materializou-se aos 37 minutos, num rápido contra-ataque. O médio David Alaba conduziu a bola pela esquerda e assistiu Olić para novo tento de enorme simplicidade.

Com tudo decidido, o ritmo do encontro baixou durante o segundo tempo, mas o Bayern foi sempre mais perigoso. Ribéry reatou o duelo com o compatriota Mandanda aos 57 minutos, mas o guarda-redes levou a melhor. Dez minutos depois foi a vez de Luiz Gustavo ameaçar a baliza visitante: o remate saiu forte, mas sem a melhor direcção. Os franceses criaram uma rara situação de perigo aos 67 minutos, mas Brandão desperdiçou ao não conseguir cabecear.

Os últimos minutos do encontro foram de tréguas e o Bayern fica à espera do previsível embate nas meias-finais com o Real Madrid CF, já que a equipa de José Mourinho tem uma vantagem de 3-0 sobre o APOEL FC para a segunda mão.

Conteúdos relacionados