O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Digressão do troféu conquista Tanzânia e Quénia

Locais famosos na Tanzânia e Quénia formaram o itinerário da etapa africana da 2012 UEFA Champions League Trophy Tour, apresentada pela Heineken, durante oito dias inesquecíveis.

Digressão do troféu conquista Tanzânia e Quénia
Digressão do troféu conquista Tanzânia e Quénia ©UEFA.com

A 2012 UEFA Champions League Trophy Tour, apresentada pela Heineken, continua a atrair adeptos durante a sua bem-sucedida visita a África, como parte da sua digressão intercontinental da Primavera.

Após quatro dias na Tanzânia, entre 24 e 27 de Março, onde a taça visitou locais tão famosos como o Monte Quilimanjaro e a State House em Dar es Salaam, o show itinerante mudou-se para o Quénia entre 28 e 31 de Março, estacionando nas cidades de Nairobi e Mombaça.

Após tudo ter começado com uma exibição especial dos jogos da primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League, cerca de 230 pessoas participaram num evento VIP na capital queniana, Nairobi, onde o troféu foi exibido pelo embaixador da UEFA Champions League Trophy Tour, Celestine Babayaro.

Entretanto, a conferência de imprensa que se realizou no Zen Garden atraiu uma significativa presença mediática – incluindo uma transmissão televisiva em directo – novamente com o troféu em exposição na presença do ex-internacional nigeriano Babayaro e do embaixador da Heineken e antigo capitão da Holanda, Ruud Gullit.

Finalmente, 2.500 adeptos compareceram ao evento público no Carnivore Grounds, em Nairobi. Aqui, o troféu foi apresentado por ambos os embaixadores e os adeptos quenianos desfrutaram com importantes artigos relacionados com a UEFA Champions League, tendo igualmente tirado fotografias com a taça e os embaixadores – com muitos deles a verem as suas fotos autografadas.

A reacção dos adeptos à UEFA Champions League e ao seu ilustre troféu foi memorável. Igualmente, com os adeptos de futebol locais ansiosos por recolher tanta informação quanto possível, a cobertura da imprensa na Tanzânia e no Quénia foi igualmente fenomenal.

"Ser o embaixador no Quénia significa bastante para mim", disse Babayaro, que jogou na Europa por RSC Anderlecht, Chelsea FC e Newcastle United FC. "Sinto-me privilegiado e muito honrado. Nós adoramos o futebol em África".

"Quando jogamos em África e depois nos transferirmos para a Europa, vemos evoluírem as capacidades que possuímos. Portanto, basicamente, o céu é o limite, com o estilo africano a misturar-se com o europeu, com todas as instalações de que necessitamos para sermos jogadores de nomeada", continuou.

Gullit, que venceu a taça pelo AC Milan em 1989 e 1990, quando era conhecida como Taça dos Clubes Campeões Europeus – reforçou o encanto da UEFA Champions League. Creio ser o maior evento desportivo do Mundo. [A digressão] dá às pessoas em África a possibilidade de estarem mais próximas do troféu e também de inspirarem os mais jovens."

Após ter completado as etapas latino-americana – Cidade do México e Guadalajara, no México – e agora a visita a África, a digressão de 2012 dirige-se à cidade chinesa de Xangai, para a sua escala entre 6 e 8 de Abril.