O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Contra-ataque do APOEL preocupa Lloris

Os cipriotas do APOEL podem não ser os favoritos, mas o guarda-redes do Lyon, Hugo Lloris, desconfia de uma "equipa muito perigosa no contra-ataque", que afastou o FC Porto.

Hugo Lloris no treino de segunda-feira
Hugo Lloris no treino de segunda-feira ©Getty Images

O Olympique Lyonnais vai defrontar uma equipa que nunca chegou às rondas a eliminar da UEFA Champions League, mas o guarda-redes Hugo Lloris não quer subestimar o adversário nestes oitavos-de-final, tendo já definido o APOEL FC como uma "equipa muito organizada e particularmente perigosa no contra-ataque".

Com cerca de 200 jogos na Ligue 1, 30 internacionalizações pela França e quatro temporadas de UEFA Champions League, Lloris tem experiência de encontros com muita pressão, mas a recente irregularidade da sua equipa e a carreira do APOEL na prova este ano deixam o guardião de 25 anos desconfiado da formação onde jogam Nuno Morais, Paulo Jorge e Hélio Pinto.

"Já vimos muito vídeos desta equipa", disse Lloris. "Muitas pessoas dizem que não são uma equipa muito prestigiada. Isso pode ser verdade, mas eles terminaram em primeiro o seu grupo, à frente do FC Porto, e posso assegurar que são uma equipa organizada e que é particularmente perigosa no contra-ataque. Se cometermos os mesmo erros que fizemos nos últimos jogos podemos ter problemas."

Enquanto o Lyon está nos oitavos-de-final da UEFA Champions League pela nona temporada consecutiva, o APOEL está a fazer uma memorável segunda temporada na prova e, sendo algo inexperiente se comparado com o adversário, irá entrar, porém, cheio de confiança depois da vitória no Grupo G. A derrota do Lyon em casa, este sábado, por 2-1, ante o SM Caen, também pode  ser moralizadora para o adversário."Temos sofridos muitos golos é um facto", acrescentou Lloris.