O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Benfica quer vergar Zenit

Pela primeira vez nos oitavos-de-final desde 2006, o Benfica vai ter pela frente um Zenit que já bateu o FC Porto em casa, local onde não perde há 15 jogos nas provas europeias.

Retrospectiva: Zenit - Benfica ©Getty Images

O FC Zenit St Petersburg tem encontro marcado com mais uma equipa portuguesa nesta que é a sua primeira presença na fase a eliminar da UEFA Champions League, depois de o sorteio dos oitavos-de-final da prova ter ditado um embate da formação russa ante o Benfica.

• Os campeões russos em título empataram 0-0 no terreno do FC Porto na sexta jornada da fase de grupos, garantindo dessa forma o segundo posto no Grupo G, atrás do APOEL FC. Quanto ao Benfica, esta será a sua primeira presença na fase a eliminar da competição desde 2005/06; as últimas três presenças das "águias" na UEFA Champions League tinham terminado na fase de grupos.

Encontros anteriores
• Neste que será o primeiro jogo entre as duas equipas para as competições europeias, o Zenit vai procurar prolongar a sua invencibilidade caseira frente a adversários portugueses. Nas três ocasiões em que recebeu formações lusas no seu terreno, a turma de São Petersburgo somou duas vitórias e um empate.

• O mais recente desses encontros teve lugar a 28 de Setembro, com o Zenit a bater o FC Porto por 3-1. Dois golos de Roman Shirokov deram a volta ao marcador após James Rodríguez ter colocado os "dragões" na frente logo nos minutos iniciais e Danny selou o triunfo dos homens da casa a 18 minutos do apito final.

• Nas outras recepções a equipas portuguesas, o Zenit empatou 1-1 ante o Nacional da Madeira no "play-off" da UEFA Europa League de 2009/10 (acabando eliminado com um total de 5-4 no conjunto das duas mãos) e venceu o Vitória de Guimarães por 2-1 na fase de grupos da Taça UEFA em Outubro de 2005.

• O Benfica saiu derrotado da sua última deslocação à Rússia, ao perder por 2-0 no terreno do PFC CSKA Moskva, nos 16 avos-de-final da Taça UEFA de 2004/05. Tal resultado conduziu à única eliminação dos "encarnados" diante de emblemas russos, com o encontro da segunda mão, em Lisboa, a terminar empatado 1-1.

• Essa derrota contra o CSKA pôs fim à invencibilidade de seis jogos do Benfica em casa ou fora frente a equipas russas, diante das quais a turma "encarnada" somava três vitórias e três empates. A jogar na Rússia, o Benfica apresentava, até então, um registo de dois empates e uma vitória.

Retrospectiva
• Uma vitória por 1-0 sobre o FC Oţelul Galaţi permitiu ao Benfica carimbar o primeiro lugar no Grupo C, tendo igualmente vencido o outro jogo frente à formação romena, em Bucareste. O Benfica venceu também no terreno do FC Basel 1893 e empatou no recinto do Manchester United FC. Desde 1995 que as "águias" não terminavam à frente do seu grupo na UEFA Champions League.

• Tendo somado empates nas visitas ao Trabzonspor AŞ e ao FC Twente no apuramento para a fase de grupos da edição deste ano da prova, o Benfica regista apenas uma derrota nos últimos nove jogos europeus que disputou fora de portas. Essa derrota verificou-se, curiosamente, em solo português, diante do Sporting de Braga, que com uma vitória por 1-0 sobre as "águias" garantiu a passagem à final da última edição da UEFA Europa League graças aos golos marcados fora, depois de ter perdido por 2-1 em Lisboa no encontro da primeira mão das meias-finais.

• Campeão europeu em 1961 e 1962, o Benfica esteve pela última vez nesta fase da UEFA Champions League em 2005/06, altura em que bateu o Liverpool FC por 1-0 em casa e por 2-0 fora. Luisão marcou o único golo da partida da primeira mão. A caminhada do Benfica, porém, terminaria na ronda seguinte, diante do FC Barcelona. A formação catalã, que acabaria por conquistar a prova nesse ano, venceu por 2-0 em Espanha após empatar sem golos em Lisboa no jogo da primeira mão desses quartos-de-final.

• Para além da vitória sobre o FC Porto, o Zenit bateu o FC Shakhtar Donetsk por 1-0 e empatou 0-0 diante do APOEL nos outros jogos que efectuou em casa no Grupo G.

• A formação russa não perde no seu terreno para as competições europeias desde 30 de Setembro de 2008, data em que o Real Madrid CF foi a São Petersburgo vencer por 2-1, em jogo da fase de grupos da UEFA Champions League. Contando com partidas das pré-eliminatórias, o Zenit não perde em casa para as provas da UEFA há 15 jogos, nos quais somou 11 vitórias e quatro empates.

Ligações entre as equipas
• Artur jogou na AS Roma em 2008/09 sob as ordens de Luciano Spalletti, actual treinador do Zenit.

• Bruno Alves e Danny, do Zenit, são colegas de Eduardo, do Benfica, na selecção nacional portuguesa.

• Bruno Alves e Danny sabem o que é ganhar ao Benfica. Bruno Alves marcou mesmo um golo frente aos "encarnados", num triunfo por 3-1 do FC Porto em 2009/10, um dos quatro que festejou nos 13 jogos em que teve as "águias" pela frente. Já Danny disputou cinco jogos contra o Benfica, sempre com a camisola do Marítimo, vencendo apenas por uma ocasião.

• Vyacheslav Malafeev já defrontou por duas vezes Portugal ao serviço da Rússia. Esteve na derrota por 7-1 da selecção russa no Estádio José Alvalade em jogo de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2006, a 13 de Outubro de 2004 e, antes, nesse mesmo ano, entrou no decorrer da segunda parte do jogo entre Portugal e a Rússia da fase de grupos do UEFA EURO 2004, em Lisboa, sofrendo o segundo golo num encontro que a selecção lusa venceu por 2-0.

• Joan Capdevila alinhou nas duas mãos quando o Villarreal CF foi eliminado pelo Zenit nos 16 avos-de-final da Taça UEFA 2007/08, perdendo por 1-0 fora e vencendo por 2-1 em casa, dizendo adeus à prova devido à regra dos golos marcados fora. Malafeev, Shirokov, Viktor Fayzulin, Konstantin Zyryanov e Aleksandr Anyukov jogaram nas duas mãos pelo Zenit, com Nicolas Lombaerts a ser utilizado na segunda mão.

• Aleksandar Luković joga ao lado de Nemanja Matić na selecção da Sérvia. Já Danko Lazović retirou-se da selecção em Março último.

• Nicolas Lombaerts é colega de Axel Witsel na selecção da Bélgica.

• Eduardo e Domenico Criscito jogaram lado-a-lado no Genoa CFC em 2009/10.