Benfica termina na liderança

Benfica 1-0 FC Oţelul Galaţi
Os "encarnados" venceram a formação romena pela margem mínima, tendo assegurado a liderança do Grupo C.

Óscar Cardozo comemora após o primeiro golo
Óscar Cardozo comemora após o primeiro golo ©Getty Images

O Benfica levou de vencida o FC Oţelul Galaţi na última jornada da fase de grupos da UEFA Champions League, tendo assegurado a liderança do Grupo C. Óscar Cardozo marcou o único golo do encontro, ainda no primeiro tempo.

O conjunto orientado por Jorge Jesus tentou desde cedo tomar a iniciativa mas pela frente encontrou uma equipa sem nada a perder, já eliminada da competição. Ainda assim, a turma da casa chegou ao golo logo aos sete minutos. Axel Witsel desmarcou Nicolás Gaitán já no interior da área, com o argentino a ganhar a linha de fundo e a cruzar atrasado. Óscar Cardozo, ao segundo poste, empurrou o esférico para o fundo das redes.

Apesar de estar em vantagem, a formação portuguesa continuou à procura do golo, diante de uma formação formatada para explorar o contra-ataque. Mesmo a perder, o Oţelul Galaţi defendia com muitas unidades, tornando mais difícil o trabalho para o Benfica, que não conseguia encontrar espaços para visar a baliza de Branko Grahovac.

Aos 32 minutos, numa altura em que o jogo atravessava uma fase mais morna, Cardozo tentou a sua sorte à entrada da área, com um remate à meia-vola, mas o esférico saiu ligeiramente ao lado. No minuto seguinte, os romenos desperdiçaram uma ocasião soberana  - a primeira - para chegar ao empate, mas Artur negou o golo a Gabriel Paraschiv. O guardião brasileiro ainda defendeu um segundo remate, numa jogada de grande perigo. Aos 41 minutos, Liviu Antal rematou cruzado, com Artur a efectuar uma defesa de recurso, numa altura em que o conjunto romeno acreditava que podia chegar ao empate.

Na segunda parte, foi o Benfica a primeira equipa a criar perigo, logo aos 46 minutos. Gaitán cruzou do lado direito e Bruno César disparou de primeira, para defesa atenta de Grahovac. Aos 54 minutos, novamente Gaitán a cruzar com perigo do lado direito, com Cardozo a cabecear por cima. Aos 61, Javi García aproveitou um bom lance de Witsel para desferir um remate de longe, com a bola a passar muito perto do alvo.

Aos 73 minutos, o recém-entrado Rodrigo esteve perto de fazer o 2-0, após combinação com Cardozo, mas Grahovac defendeu para canto. Ainda assim, a turma romena nunca desistiu de procurar o golo, algo que poderia ter acontecido aos 75 minutos, após remate de Ioan Filip, que Artur desviou para canto. Até final, os romenos tentaram chegar ao empate, algo que não viria a acontecer. Nota para a lesão de Gaitán perto do final do jogo, com o Benfica a terminar a partida com menos um elemento, já que as substituições já se tinham esgotado. Nos descontos Rodrigo, na cara do golo, falhou o 2-0.