O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Lombaerts pronto para o APOEL

"Surpreendido" pelo APOEL na primeira jornada, Nicolas Lombaerts, do Zenit, está preparado para resolver a contenda quando os dois primeiros do Grupo G se defrontarem.

Nicolas Lombaerts espera um resultado diferente do registado pelo Zenit quando defrontou o APOEL no Chipre
Nicolas Lombaerts espera um resultado diferente do registado pelo Zenit quando defrontou o APOEL no Chipre ©Getty Images

Nicolas Lombaerts, autor do golo da vitória do FC Zenit St Petersburg na última partida da UEFA Champions League, está pronto para defrontar o APOEL FC, num encontro em que se defrontam os dois primeiros classificados do Grupo G.

Na frente com mais um ponto do que o Zenit, clube de Danny e Bruno Alvez, o surpreendente APOEL (de Paulo Jorge, Nuno Morais e Hélio Pinto) começou aquilo que se tornaria num conto de fadas ao derrotar os russos por 2-1 na primeira jornada. No entanto, uma vitória no Estádio Petrovski daria a oportunidade ao anfitrião de ultrapassar não só o adversário, como também assegurar um lugar nos oitavos-de-final, caso o FC Porto não derrote o FC Shakhtar Donetsk.

Ainda recordado desse revés − o último do Zenit em todas as competições, há 13 jogos − no Chipre, Lombaerts quer que os seus colegas façam o seu jogo sem pensar em qualquer outro cenário. "É um daqueles jogos que todos querem disputar", disse o defesa que marcou o único golo do encontro frente ao Shakhtar, há três semanas. "É importante jogar bom futebol desde o primeiro minuto. Sim, há quem diga que este desafio nos dá a possibilidade de vingar a derrota, mas o nosso objectivo é o apuramento para a ronda seguinte."

A derrota em Nicósia foi um choque para os comandados de Luciano Spalletti, na frente desde o minuto 63, altura em que Konstantin Zyryanov abriu o activo, até Manduca e Aílton darem a volta ao marcador já na parte final. "Ficámos surpresos com o estilo de jogo do APOEL", disse o internacional belga. "Eles são capazes de fazer boas combinações e jogar ao ataque. Espero agora que a liderança do APOEL no grupo dure apenas até amanhã."

O APOEL, por seu lado, poderá tornar-se na primeira equipa de Chipre a atingir os oitavos-de-final caso vença num estádio onde o Zenit levou a melhor nos últimos nove encontros europeus. Apesar de os cipriotas estarem próximos de fazer história, pois o empate poderá ser suficiente, Lombaerts não espera que os comandados de Ivan Jovanović sejam tão audazes como foram no Estádio GSP.

"Não posso saber o que vai na cabeça do treinador adversário, mas decerto que a abordagem deles será diferente da do jogo em casa", disse o defesa de 26 anos. "Não sei se vão jogar à defesa ou não, mas estamos prontos para o que vier. Muitas equipas no campeonato russo jogam aqui da mesma maneira e algumas vezes são bem-sucedidas, outras não. É sempre assim, mas sabemos que o APOEL pode vir aqui e jogar para marcar, como qualquer equipa faz no Petrovski."