Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

HJK bate recorde na UEFA Champions League

Ao golear o Bangor por 10-0, o HJK tornou-se no primeiro clube a vencer por essa margem desde a criação da UEFA Champions League, e o primeiro nas competições europeias em 11 anos.

O estreante Kastriot Kastrati (à esquerda) comemora um dos seus dois golos
O estreante Kastriot Kastrati (à esquerda) comemora um dos seus dois golos ©Jussi Eskola

O HJK Helsinki está a festejar uma das vitórias mais expressivas na história da Taça dos Clubes Campeões Europeus, depois de golear o Bangor City FC por 10-0, na segunda mão da segunda pré-eliminatória da UEFA Champions League.

O resultado duplicou a anterior melhor marca do campeão finlandês nas competições europeias, um triunfo por 5-0 na Taça UEFA sobre o B71 Sandoy, das Ilhas Faroé, em 1994, e também o colocou no quadro de honra das vitórias mais expressivas na principal competição europeia de clubes. Apesar de não ter igualado a vitória por 11-0 do FC Dinamo Bucureşti sobre o Crusaders FC, em 1973, é agora uma de apenas oito equipas a ter ganho um jogo por margem de dez golos na competição – e a primeira desde a criação da UEFA Champions League.

O último clube a ganhar por dez golos nas competições europeias tinha sido o Rayo Vallecano, que bateu o Constellació Esportiva, de Andorra, por 10-0, na fase preliminar da Taça UEFA, a 10 de Agosto de 2000.

Esta terça-feira foi a vez do HJK. A vencer por 2-0 ao intervalo, aumentou o ritmo depois do recomeço, para agrado do treinador Antti Muurinen. "Realizámos um excelente jogo," disse o técnico de 57 anos, que levou o clube da capital até à fase de grupos da UEFA Champions League em 1998/99, durante a sua primeira passagem, regressando em 2007. "Não restam dúvidas sobre a nossa atitude, e começámos a partida muito melhor do que no País de Gales [onde ganharam por 3-0]. Cada jogador quis mostrar as suas qualidades."

O antigo médio do Crystal Palace FC, Aki Riihilahti, não marcou, mas contribuiu para uma boa exibição. "Estava um ambiente espectacular nas bancadas e isso passou para os jogadores," explicou o veterano de 34 anos. "Ao intervalo decidimos que devíamos desfrutar do resto do encontro e jogar para deleite do público, de modo a recompensar o seu apoio."

Erfan Zeneli e Teemu Pukki bisaram, tal como o estreante Kastriot Kastrati, que saiu do banco de suplentes para facturar o sétimo e décimo da noite. O jovem de 18 anos marcou 16 golos em 11 jogos pela equipa de reservas do HJK, o Klubi04, na terceira divisão finlandesa, mas estava entusiasmado pelo simples facto de ter jogado. "Quando soube que ia entrar, o meu primeiro pensamento foi ajudar a equipa," disse. "Ela está sempre em primeiro lugar, e sendo um avançado tento ajudar marcando golos."

"Hoje tudo correu de forma perfeita", acrescentou, abismado pela magnitude do seu feito numa competição tão prestigiada. "O meu sonho tornou-se realidade, que mais posso dizer? Afinal de contas, estamos a falar da UEFA Champions League." Alexander Ring, Berat Sadik, Rafinha e Jarno Parikka ajudaram a completar o resultado final do Estádio Finnair.

O HJK vai tentar dar seguimento ao seu momento de forma impressionante frente ao campeão croata, o NK Dinamo Zagreb (onde alinha o defesa-central Tonel), na terceira pré-eliminatória, apesar de Muurinen não esperar nova goleada. "A nossa equipa pode causar problemas ao Dínamo," disse. "Sei que possui jogadores de qualidade, mas há sempre a hipótese de acontecer uma surpresa. Já estivemos na fase de grupos uma vez e esperamos repetir." Riihilahti concluiu: "Vamos apresentar-nos humildes, mas cheios de confiança. Temos possibilidades, mas isso exige que realizemos dois jogos perfeitos. Ultimamente temos actuado bem e estamos desejosos de continuar assim."

Vitórias mais expressivas na história da UEFA Champions League/Taça dos Clubes Campeões Europeus
11-0: FC Dinamo Bucureşti - Crusaders FC
03/10/73, segunda mão da primeira eliminatória
10-0: Manchester United FC - RSC Anderlecht
26/09/56, primeira mão da ronda preliminar
10-0: Ipswich Town FC - Floriana FC
25/09/62, segunda mão da primeira eliminatória
10-0: SL Benfica - CS Stade Dudelange
05/10/65, segunda mão da primeira eliminatória
2-12: KR Reykjavík - Feyenoord (ambos os jogos realizados em Roterdão)
17/09/69, primeira mão da primeira eliminatória
10-0: Leeds United AFC - FK Lyn
17/09/69, primeira mão da primeira eliminatória
10-0: VfL Borussia Mönchengladbach - Enosis Pezoporikou Amol FC
22/09/70, segunda mão da primeira eliminatória
10-0: AFC Ajax - AC Omonia
24/10/79, primeira mão da segunda eliminatória
10-0: HJK Helsinki - Bangor City FC
18/07/11, segunda mão da segunda pré-eliminatória

Vitórias mais expressivas na história das competições de clubes da UEFA
16-1: Sporting - APOEL FC
13/11/63, primeira mão da primeira eliminatória da Taça dos vencedores das Taças
14-0: AFC Ajax - Red Boys Differdange
03/10/84, primeira eliminatória da Taça UEFA
13-0: Chelsea FC - AS Jeunesse Hautcharage
29/09/71, segunda mão da primeira eliminatória da Taça UEFA
0-12: US Rumelange - Feyenoord
27/09/72, segunda mão da primeira eliminatória da Taça UEFA
12-0: Swansea City FC - Sliema Wanderers FC
15/09/82, primeira mão da primeira eliminatória da Taça UEFA
12-0: Derby County FC - Finn Harps FC
15/09/76, primeira mão da primeira eliminatória da Taça UEFA

Topo