O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Mascherano quer acertar contas pelo Barcelona

Finalista na sua primeira temporada pelo Liverpool, em 2007, Javier Mascherano espera que, na sua época de estreia pelo Barcelona, consiga vencer a prova.

Mascherano quer acertar contas pelo Barcelona
Mascherano quer acertar contas pelo Barcelona ©UEFA.com

No final da sua primeira temporada em Anfield, Javier Mascherano fez parte de uma equipa do Liverpool FC que perdeu ante o AC Milan a final da UEFA Champions League de 2007. Agora, quando a sua primeira época em Camp Nou se aproxima do fim, tem no sábado uma segunda oportunidade de vencer o troféu, quando o FC Barcelona de Josep Guardiola defrontar o Manchester United FC.

"Sonhei em estar novamente na final da UEFA Champions League, porque é muito difícil chegar a uma", disse o médio de 26 anos. "Para futebolistas que jogam nos grandes clubes como é o meu caso, estar todos os anos na Champions League é uma coisa normal, mas não há muitos que cheguem ao último jogo, à final. É como jogar no Mundial".

O internacional argentino acrescentou: "Portanto, ter a oportunidade de voltar a disputar a final da Champions League no meu primeiro ano no Barcelona é fantástico. Espero que, após essa derrota ao serviço do Liverpool, possamos, com um pouco de sorte, vencê-la. O Barcelona conseguiu ganhar [a final entre as duas equipas] há dois anos e espero que a mesma equipa consiga repetir esse sucesso. Para mim, seria uma grande sensação".

Tendo representado o rival do United entre 2007 e 2010, Mascherano conhece a equipa dirigida por Alex Ferguson melhor que qualquer seu companheiro no conjunto catalão, pelo que se lembra muito bem dos clássicos ante os "red devils": "É uma rivalidade clássica. O encontro entre eles tem sempre algo especial. Joguei no Liverpool quase quatro anos, pelo que tive a oportunidade de fazer alguns grandes jogos contra eles. Eles sempre tiveram aquele extra especial quando jogavam contra nós".

Essa perspectiva inglesa significa que o antigo médio do CA River Plate, SC Corinthians e West Ham United FC está em boa posição para escolher os jogadores-chave do United. "Rooney é o jogador que faz a diferença no Manchester United. Ele tem sido muito importante para a equipa desde que começou a representá-la e é impressionante aquilo que significa para ela. Ele é mesmo um jogador importante no clube e um dos melhores do Mundo".

"Depois, há o Chicharito [Javier Hernández], pela forma que tem demonstrado na sua época de estreia. Conhecia-o do México, pois vi alguns jogos de lá, mas o que foi surpreendente foi a forma como se adaptou tão rapidamente à Premier League. É mesmo uma Liga muito difícil onde jogar. Ter tanto sucesso e conseguir ajudar o United não é mesmo nada fácil. Vir da América Latina para uma grande equipa como aquela e conseguir tanto sucesso no primeiro ano é absolutamente fantástico".

"E, por fim, há outro jogador que gostaria de nomear, por ser impressionante, uma lenda viva, que é o Ryan Giggs", continuou Mascherano. "É um jogador, que mesmo com a sua idade [37], continua a brilhar tão intensamente em qualquer posição em que joga. É um jogador espectacular. É o jogador de quem todos falavam durante a sua carreira".