Redknapp não acredita nas debilidades do Bremen

Harry Redknapp mostrou-se compreensivo com a onda de lesões no Bremen, mas avisou os jogadores do Tottenham que a equipa de Thomas Schaaf "vai dar a volta" mais cedo ou mais tarde.

Harry Redknapp falou num "enorme feito" caso o Tottenham consiga o apuramento
Harry Redknapp falou num "enorme feito" caso o Tottenham consiga o apuramento ©Getty Images

Harry Redknapp, treinador do Tottenham Hotspur FC, está a desfrutar da época de estreia da sua equipa na UEFA Champions League e será para ele um "enorme feito" caso o conjunto de Londres atinja os oitavos-de-final quando terminar o Grupo A. Quanto ao homólogo do do SV Werder Bremen, Thomas Schaaf, acredita que face à onda de lesões o apuramento é mais complicado, mas a formação onde actua Hugo Almeida tudo fará para conseguir um bom resultado.

Harry Redknapp, treinador do Tottenham
Tivemos grandes noites aqui. Os jogos da Champions League têm sido fantásticos. O encontro com o Inter foi exemplo disso e contra o Twente jogámos sempre muito bem, tal como com o Young Boys. A nossa forma em casa na Champions League tem sido muito boa, mas este vai ser um jogo difícil. Eles têm qualidade, mas não estão no seu melhor. São um adversário perigoso, pelo que temos que os respeitar ao máximo.

Já passámos por aquilo [o que o Bremen está a passar actualmente]. São situações que exigem muito carácter, mas quando as coisas não estão bem sabemos que de um momento para outro tudo muda De repente vão começar a ganhar jogos, só espero que não comece amanhã. Vencer é o mais importante, seja lá como for, apesar de preferir consegui-lo sem sofrer golos. O grupo é muito disputado, tudo está em aberto pelo que vamos tentar resolver as coisas a nosso favor. Seria muito bom o Tottenham apurar-se. Num grupo como este, tal seria sempre muito difícil. Se o conseguirmos, será um grande feito.

Thomas Schaaf, treinador do Bremen
Os jogadores que temos lesionados poderiam fazer uma boa equipa, mas não vamos desistir. Não nos vamos queixar e todos os que vão jogar, vão dar o seu melhor. Temos de ser realistas e afirmar que será preciso algo extraordinário para nos apurarmos para a fase seguinte. O mais importante para mim é a maneira como jogamos e o facto de que temos de dar tudo para mudarmos este estado das coisas. Temos de estar concentrados, mesmo sabendo que é difícil o apuramento.

Não penso que o Tottenham cometa muitos erros na defesa. Temos de ser corajosos e para tal não há que ficar cá atrás. Temos de jogar para ganhar, ser ambiciosos e mostrar o que somos capazes.

Notícias das equipas
Tottenham
Redknapp tem como maior dúvida a utilização de um dos seus jogadores em melhor forma, Rafael van der Vaart, devido a uma lesão num tornozelo. "Estava algo inchado de manhã e está algo queixoso", disse o técnico, que aguarda o resultado dos exames feitos ao médio. "Esperamos que o Gareth Bale esteja recuperado", apesar da lesão no ombro contraída no jogo de sábado, no triunfo sobre o Arsenal FC. Jermain Defoe e Robbie Keane (ambos com toques num tornozelo) treinaram sem limitações na segunda-feira e estão aptos.

Bremen
Marko Arnautović (coxa) e Petri Pasanen (gripe) são as últimas baixas para Schaaf, que apenas contou com cinco suplentes no jogo de sábado, perdido para o FC Schalke 04, situação que eleva para 11 o total de ausentes. Três jogadores foram chamados para completar o rol dos convocados, onde está o ponta-de-lança português Almeida: os dianteiros Lennart Thy e Pascal Testroet, e o defesa Clemens Schoppenhauer.

Resultados do fim-de-semana
20/11/10 Arsenal FC 2-3 Tottenham
(Nasri 9, Chamakh 27; Bale 50, Van der Vaart 67gp, Kaboul 85)
O triunfo foi o primeiro do Tottenham no reduto do rival de Londres desde 1993.

20/11/10 FC Schalke 04 4-0 Bremen 
(Metzelder 22, Raúl González 45+2 56 71)
A onda de lesões fez com que o Bremen apenas tivesse cinco jogadores no banco, numa derrota que elevou para 15 o número de golos sofridos em cinco partidas. Os alemães perderam cinco dos seus últimos seis encontros de todas as competições e não marcam há quatro partidas.

Sabia que?
Os "spurs" procuram manter o bom registo em casa ante equipas germânicas, com cinco vitórias e um empate nos últimos seis encontros. No entanto, foi ante uma equipa da Bundesliga que os ingleses sofreram a maior goleada, ao serem batidos por 8-0 no reduto do 1. FC Köln, em 1995, na Taça Intertoto.