Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

"Pistoleiro Pete" quer levar Linfield à glória

O avançado do Linfield, Peter Thompson, reconheceu que o Rosenborg ficou em vantagem depois do nulo na primeira mão, mas avisou que "com um pouco de sorte, tudo pode acontecer".

Peter Thompson sabe que o Linfield não pode desperdiçar oportunidades
Peter Thompson sabe que o Linfield não pode desperdiçar oportunidades ©Sportsfile

Peter Thompson está motivado pelo nulo que o Linfield FC conseguiu frente ao Rosenborg BK, em Belfast, na primeira mão da segunda pré-eliminatória da UEFA Champions League. O avançado considera que a equipa que fez a "dobradinha" na Irlanda do Norte ainda tem "hipóteses de discutir o apuramento", na deslocação à Noruega.

"Não sofremos golos, o que é muito importante, mas eles ficaram com uma pequena vantagem na eliminatória, pois vão disputar o segundo jogo em casa", explicou o atacante de 26 anos na antevisão do reencontro de quarta-feira. "Nós também temos hipóteses. Tudo é possível, basta repetirmos a exibição da primeira mão e termos um pouco de sorte".

O que espera o ponta-de-lança do encontro em Trondheim, depois de ter sido o jogador mais adiantado no esquema de 4-2-3-1 usado por David Jeffrey na primeira mão? "Vamos ter de aproveitar todas as oportunidade que tivermos, pois não vão ser muitas", alertou "Pistol Pete", que causou sensação na época de 2005/06 quando marcou 48 golos em 58 jogos pelo Linfield e ajudou o clube a fazer a "dobradinha".

"Temos de equilibrar o jogo, para criar frustração nos adversários e nos adeptos, e depois tentar marcar numa jogada de bola parada ou num contra-ataque", acrescentou Thompson, que partilha a atitude cautelosa com o seu treinador. "Estou receoso, mas esperançado", confessou Jeffrey. "O treinador adversário, Nils Arne Eggen, não ficou muito contente com o jogo da primeira mão e considero que o elemento surpresa já se dissipou".

"Eles apostam muito em alcançar a fase de grupos das competições europeias e vão fazer tudo para não voltarem a falhar este ano", continuou Jeffrey, que lidera o Linfield desde 1997, e fez questão de recordar que os líderes do campeonato da Noruega foram eliminados pelo FK Qarabağ, do Azerbaijão, na segunda pré-eliminatória da última edição da UEFA Europa League.

"Quando os jogadores irlandeses têm oportunidade de jogar na Europa, na maioria das vezes apercebem-se que não são inferiores tecnicamente, mas acabam por cometer erros pouco habituais", continuou Jeffrey. "Vou pedir aos meus jogadores para não pensarem no adversário. Têm de ter a noção de que preparamos bem estes jogos, trabalhámos muito no sistema de jogo e na vertente física, por isso temos de entrar em campo com confiança em tudo aquilo que fizemos".

Topo