Milan quer repetir Madrid

Tendo respondido à derrota caseira casa ante o Zurique com um triunfo no terreno do Real Madrid, o Milan está determinado em manter a onda vitoriosa frente a uns "merengues" à procura da desforra.

Pato e o treinador Leonardo festejam na partida de Madrid
Pato e o treinador Leonardo festejam na partida de Madrid ©Getty Images

Depois da surpreendente derrota em casa diante do FC Zürich, a 30 de Setembro, o AC Milan está determinado em rectificar esse resultado diante dos seus adeptos com mais uma boa exibição frente ao Real Madrid CF.

• O desaire na segunda ronda deixou o gigante italiano em maus lençóis no Grupo C e as perspectivas pioraram quando Raúl González deu vantagem ao Real Madrid aos 19 minutos da partida do Santiago Bernabéu. No entanto, dois golos de rajada de Andrea Pirlo (62 minutos) e Pato (66') viraram o resultado. O suplente Royston Drenthe empatou a contenda e parecia que os "merengues" iriam dividir os pontos, mas Pato tinha outras ideias e, a dois minutos do final, marcou o tento do triunfo e deixou Milan e Real Madrid empatados no topo, ambos com seis pontos.

Encontros anteriores
• O primeiro encontro oficial entre as duas equipas aconteceu na meia-final da edição inaugural da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em 1955/56. O Real Madrid superiorizou-se na eliminatória com um triunfo total por 5-4 e a caminho da primeira das cinco vitórias consecutivas na prova.

• O Milan venceu os todos os cinco jogos disputados em casa e apenas sofreu um golo. Aconteceu precisamente no primeiro duelo, na segunda mão das meias-finais, há 53 anos, quando venceram por 2-1.

• A derradeira visita do Real Madrid ao reduto do Milan teve lugar em Novembro de 2002, altura em que perdeu por 1-0 na segunda fase de grupos. Desde então, o conjunto espanhol efectuou seis visitas a Itália e sai derrotado em quatro ocasiões. A única vitória nesse período aconteceu em Dezembro de 2004, quando derrotaram a AS Roma por 3-0.

Retrospectiva
• A derrota do Milan diante do Zurique significa que perdeu os dois últimos encontros em San Siro, uma vez que, anteriormente, tinham sido derrotados pelo Arsenal FC, por 2-0, nos oitavos-de-final da prova de 2007/08.

• Esta é a quarta ocasião em três épocas que o Real Madrid defronta adversários italianos. Perdeu os últimos cinco jogos e apresenta somente um triunfo nas oito partidas anteriores.

• Depois da vitória em Zurique na ronda inaugural, o Real Madrid procura voltar a ganhar fora de casa na competição. Na época transacta, venceu dois jogos na fase de grupos, nos terrenos do FC BATE Borisov e do FC Zenit St. Petersburg, mas perdeu na diante da Juventus, em Turim.

Ligações entre as equipas
• Vários jogadores enfrentam as suas anteriores equipas. Kaká passou seis épocas no Milan antes de se transferir, no Verão passado, para o Santiago Bernabéu. Clarence Seedorf venceu a UEFA Champions League de 1998 pelos "merengues" e Klaas-Jan Huntelaar esteve apenas sete meses no Real Madrid, desde Dezembro de 2008.

• Xabi Alonso marcou pelo Liverpool na recarga à grande penalidade que entretanto desperdiçara e fez o terceiro golo dos "reds" no empate (3-3) com o Milan, na final de 2005 realizada em Istambul.

• Durante o desempate por grandes penalidades nessa mesma final, Jerzy Dudek foi um dos heróis do clube inglês ao deter as tentativas de Andrea Pirlo e Andriy Shevchenko, ajudando o Liverpool a conquistar a quinta Taça dos Clubes Campeões Europeus.

• Filippo Inzaghi, então ao serviço da Juventus, perdeu a final de 1998, realizada em Amesterdão, para o Real Madrid, mas marcou ambos os golos do Milan no triunfo de 2-1 sobre o Liverpool, na final de 2007, realizada em Atenas. No lado oposto estava Xabi Alonso, enquanto Álvaro Arbeloa entrou como substituto e Dudek não saiu do banco de suplentes.

• Ronaldinho passou cinco temporadas em Espanha ao serviço do FC Barcelona, pelo qual venceu a final de 2006.

• Gianluca Zambrotta passou duas épocas no Barça entre 2006 e 2008, ao passo que Christian Abbiati esteve emprestado ao Club Atlético de Madrid em 2007/08.

• Leonardo não saiu do banco de suplentes quando o Milan visitou Madrid na segunda fase de grupos de 2002/03.

• Cristiano Ronaldo marcou pelo Manchester United FC no triunfo deste, por 3-2, sobre o Milan, na primeira mão da meia-final de 2006/07. Tanto o extremo português como Ruud van Nistelrooy jogaram pelo United frente ao Milan nos oitavos-de-final de 2004/05, onde os "rossoneri" se impuseram com um total de 2-0.

• Mathieu Flamini jogou pelo Arsenal FC em ambas as mãos dos oitavos-de-final de 2005/06, eliminatória que o Real Madrid ganhou por 1-0 no conjunto das duas partidas.

• Nos quartos-de-final do UEFA EURO 2008™, a Espanha, onde figuravam Iker Casillas e Sergio Ramos, derrotou a Itália, onde actuavam Gianluca Zambrotta e Massimo Ambrosini, nos penalties. Pirlo e Gennaro Gattuso não jogaram nessa partida por estarem castigados.

• A Itália utilizou ainda Christian Panucci nesse desaire, vencedor da UEFA Champions League pelo Milan em 1994 e pelo Real Madrid quatro anos volvidos. Fernando Redondo também jogou em ambos os clubes e, tal como Clarence Seedorf e Panucci, sagrou-se campeão europeu em cada uma delas.

• Fabio Capello treinou o Milan e o Real Madrid em dois períodos distintos. O técnico italiano liderou a formação da Serie A entre 1991 e 1996 e na campanha de 1997/98, tendo feito o mesmo nos “merengues” em 1996/97 e novamente em 2006/07.

• David Beckham jogou quatro temporadas no Real Madrid, entre 2003 e 2007, e actuou na época passada no Milan por empréstimo.

• Os internacionais brasileiros Thiago Silva e Marcelo ingressaram nas respectivas equipas oriundos do Fluminense.