Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Estreantes seguem em frente

O Drogheda United e o Modriča, que se estrearam na UEFA Champions League, estão no lote de equipas que vão disputar a segunda pré-eliminatória.

O Drogheda comemora o golo da vitória
O Drogheda comemora o golo da vitória ©Sportsfile

Os estreantes Drogheda United FC e FK Modriča conseguiram vencer na segunda mão da primeira pré-eliminatória da UEFA Champions League e garantiram a passagem à fase seguinte. Na conclusão da ronda, na quarta-feira, outros sete clubes ganharam o direito de defrontar alguns nomes grandes do futebol europeu, numa fase que começa já na próxima terça-feira.

FK Budućnost Podgorica 1-1 Tampere United (total: 2-3)
O Tampere United conseguiu um empate no reduto do Budućnost Podgorica, o campeão do Montenegro, e garantiu pelo segundo ano consecutivo a passagem à segunda pré-eliminatória. Os visitantes, que tinham vencido na primeira mão, conseguiram um golo fundamental aos oito minutos, ganhando vantagem com um remate de cabeça de Henri Myntti, na conclusão de uma boa jogada. A equipa da casa aumentou a pressão, mas só conseguiu alguns remates de longa distância até que, aos 80 minutos, o avançado Fatoš Bećiraj fez os montenegrinos voltar a sonhar. Contudo, os finlandeses conseguiram segurar o empate e garantiram a qualificação.

Valur Reykjavík 0-1 FC BATE Borisov (total: 0-3)
O BATE confirmou a passagem com uma vitória na Islândia. O único golo do encontro foi marcado no primeiro minuto, por Igor Stasevich, com os campeões bielorrussos a marcarem encontro, na próxima semana, com os experientes belgas do RSC Anderlecht.

FC Pyunik 0-2 Anorthosis Famagusta FC (total: 0-3)
Os campeões cipriotas do Anorthosis vão encontrar o SK Rapid Wien na fase seguinte depois de terem conseguido um triunfo na Arménia, com um golo em cada parte. Os visitantes entraram bem no jogo e, no primeiro minuto, Klimenti Tsitaishvili obrigou o guarda-redes do Pyunik, Grigor Meliksetyan, a fazer uma boa defesa. No entanto, o guardião da equipa da casa nada pôde fazer à passagem da meia-hora, quando Lukasz Sosin rematou à trave e Tsitaishvili surgiu imparável a fazer a recarga. Na segunda parte, o Pyunik deu tudo para chegar ao empate, mas Vardan Petrosyan desperdiçou três excelentes oportunidades de golo. A quatro minutos do final, Nikos Frousos contornou Meliksetyan e fez o resultado final.

NK Domžale 2-0 F91 Dudelange (total: 3-0)
Dois golos do internacional esloveno Luka Žinko deram ao Domžale um triunfo fácil sobre os visitantes do Luxemburgo. A equipa da casa entrou em campo com um golo de vantagem e só inaugurou o marcador aos 64 minutos, graças a um remate do médio à entrada da área. A cinco minutos do final, Žinko fez o resultado final na conversão de um livre, com um remate quase do mesmo local. Graças a este triunfo, os eslovenos vão reencontrar o NK Dinamo Zagreb que, na época passada, foi o seu carrasco nas competições europeias.

FK Modriča 2-1 KS Dinamo Tirana (total: 4-1)
O Modriča venceu na semana passada na Albânia e neste jogo confirmou a passagem à segunda pré-eliminatória com dois golos nos últimos minutos, tendo agora de defrontar o Aalborg BK. Na primeira parte, as equipas estiveram muito defensivas e as oportunidades de golo foram escassas. Na segunda metade, o Dínamo começou a pressionar a equipa da casa e criou incerteza na eliminatória quando Daniel Xhafaj inaugurou o marcador aos 73 minutos. Os albaneses lançaram-se no ataque, na tentativa de forçar o prolongamento, mas o Modriča aproveitou para marcar dois golos. Djordje Zafirović empatou no último minuto e Nikola Vasiljević deu o triunfo aos anfitriões em período de compensação, confirmando o apuramento da equipa da Bósnia-Herzegovina.

FC Artmedia Petržalka 1-0 Valletta FC (total: 3-0)
Um golo de Tomáš Farkaš, aos 33 minutos, permitiu que os campeões eslovacos conseguissem a segunda vitória sobre o Valletta e confirmassem a passagem à próxima ronda da principal competição europeia de clubes. A equipa entrou em vantagem, depois do triunfo da semana passada em Malta, e a chuva forte impediu que o encontro da segunda mão fosse de melhor qualidade. O único golo surgiu quando Marián Čišovský atirou ao poste e Farkaš marcou na recarga. "Nestas condições, foi mais uma batalha do que um jogo de futebol, mas o mais importante é o apuramento para a próxima pré-eliminatória", afirmou o treinador do Artmedia, Vladimír Weiss.

IFK Göteborg 4-0 S.S. Murata (total: 9-0)
O Gotemburgo apresentou uma equipa com muitas alterações e onde não faltaram jovens, mas isso não impediu os suecos de imporem a segunda goleada aos representantes de San Marino. O defesa Adam Johansson colocou os anfitriões em vantagem, aos 14 minutos, e o jovem Niklas Bärkroth, de apenas 16 anos, aumentou a vantagem no sétimo minuto do segundo tempo. Jonas Wallerstedt fez o 3-0 (aos 71 minutos) e Bärkroth bisou três minutos mais tarde. Os suecos vão defrontar os campeões suíços do FC Basel 1893 na próxima ronda.

FC Levadia Tallinn 0-1 Drogheda United FC (total 1-3)
O Drogheda vai medir forças com o FC Dynamo Kyiv na próxima eliminatória depois de ter vencido na Estónia com um golo de Graham Gartland. A primeira parte foi muito equilibrada, com a equipa da casa a criar as melhores oportunidades, com destaque para um cabeceamento de Sander Puri. No entanto, dois minutos depois do intervalo, os visitantes ganharam vantagem quando o defesa-lateral Gartland correspondeu da melhor forma a um pontapé de canto marcado por Paul Keegan. O Levadia aumentou a pressão, na tentativa de discutir o apuramento, mas os esforços caíram por terra quando Vadim Petrenko viu o segundo cartão amarelo e deixou os anfitriões reduzidos a dez jogadores. O Drogheda aproveitou para conseguir a sua primeira vitória fora de casa na época de estreia nas competições europeias.

NK Dinamo Zagreb 1-1 Linfield FC (total: 3-1)
Apesar de ter consentido um empate na recepção ao Linfield, o Dínamo conseguiu a passagem à segunda pré-eliminatória graças à vantagem de dois golos que tinha conseguido na deslocação à Irlanda do Norte, na semana passada. Os anfitriões ganharam vantagem no terceiro minuto, com Marijo Mandžukić a concluir um bom movimento colectivo, mas os visitantes igualaram nove minutos depois do intervalo, com Michael Gault a corresponder de cabeça a um cruzamento de Conor Downey. O Dínamo criou várias oportunidades para vencer o encontro, mas deparou-se com o guarda-redes do Linfield, Alan Mannus, em grande forma.

Topo