O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Benítez elogia "melhor" Liverpool

O treinador dos "reds" disse que a sua equipa é "o melhor conjunto do Liverpool que já treinei até agora", depois do triunfo (1-0) sobre o Inter.

Rafael Benítez festeja o apuramento do Liverpool com os seus jogadores
Rafael Benítez festeja o apuramento do Liverpool com os seus jogadores ©Getty Images

Roberto Mancini lamentou as oportunidades que o seu FC Internazionale Milano desperdiçou na derrota (1-0) frente ao Liverpool FC, mas recusa-se a pensar negativo, sobretudo tendo em conta que os "nerazzurri" ainda podem conquistar o "scudetto" e a Taça de Itália. Já Rafael Benítez acredita que a sua equipa é "o melhor conjunto do Liverpool que já treinei até agora", ao mesmo tempo que defendeu que o apuramento foi merecido.

Roberto Mancini, treinador do Inter
Não é fácil jogar com dez, especialmente quando se tem uma desvantagem de 2-0 no total da eliminatória. Esse foi o nosso principal problema nos dois jogos contra o Liverpool e temos de ter mais cuidado nesse particular. Tivemos as nossas oportunidades para relançar a eliminatória. Penso que um golo teria mudado a face do jogo, mas falhámos na concretização durante a primeira parte e mesmo após a expulsão do Nicolás Burdisso. Planeava introduzir o Luís Figo na etapa complementar, mas tive de mudar de ideias após o Burdisso ter visto o cartão vermelho. A minha intenção era utilizar o Figo nos últimos 30 minutos, mas infelizmente isso não foi possível. Estamos muito desiludidos, porque é sempre muito triste dizer adeus à UEFA Champions League. No entanto, continuamos a ser uma grande equipa.

Ainda temos um 'scudetto' e uma Taça de Itália para conquistar. O Liverpool é uma equipa talhada para a UEFA Champions League e eles atingiram um bom momento de forma no momento certo da temporada.

Rafael Benítez, treinador do Liverpool
Na primeira parte sentimos alguns problemas, pois eles atacaram e criaram duas ou três boas oportunidades para marcar. Contudo, também dispusemos de algumas ocasiões em contra-ataques. Na segunda metade controlámos o jogo, pois não é fácil jogar contra dez elementos. Penso que esta é a melhor equipa do Liverpool que treinei até agora. O Fernando Torres acrescenta algo a esta equipa. Estamos muito satisfeitos com ele. Os seus 26 golos são já um grande feito, mas gostava de ver mais até ao final da temporada.

Não sei até onde podemos chegar. No primeiro ano ninguém pensou que pudéssemos conquistar a UEFA Champions League. Claro que o nosso objectivo é chegar à final, melhor ainda se for contra uma formação inglesa. Provámos ser uma equipa forte com dois ou três grandes jogadores que podem marcar e mudar um jogo, sendo que todos sabem o que fazer em campo. Penso que jogámos melhor hoje do que em Anfield, pelo que considero o apuramento merecido. Sabíamos que o resultado do primeiro jogo era importante, pelo que tivemos de jogar de forma compacta e no contra-ataque. Não sei por que razão conseguimos melhores resultados na Europa do que na Premier League. No entanto, é difícil jogar ao nosso melhor durante nove meses, em vez de nos concentrarmos apenas em um ou dois jogos. A Premier League é, seguramente, uma das melhores Ligas do Mundo e os quatro primeiros são das melhores equipas da Europa, todas elas com grandes jogadores.