O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Poulsen prevê jogo equilibrado

O Sevilha terá de dar a volta à desvantagem de 3-2 trazida do terreno do Fenerbahçe, mas Christian Poulsen acredita no apuramento.

O Sevilla FC vai ter de dar a volta a uma desvantagem de 3-2 trazida do terreno do Fenerbahçe SK na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League, devido a um golo já perto do final apontado pela formação turca no encontro de Istambul. Contudo, o médio Christian Poulsen acredita que a experiência da sua equipa em eliminatórias europeias a vai ajudar a levar a melhor na próxima terça-feira.

"Desiludidos"
Poulsen ajudou o Sevilha a revalidar o título de vencedor da Taça UEFA na última temporada e, já esta época, o clube andaluz teve de ultrapassar uma complicada eliminatória a duas mãos com o AEK Athens FC para conseguir, pela primeira vez, marcar presença na fase de grupos da UEFA Champions League. Mas o internacional dinamarquês ainda lamenta o golo sofrido perto do fim, apontado pelo suplente Semih Şentürk, que deu a vitória ao Fenerbahçe. "Penso que foi um jogo muito aberto", afirmou ao uefa.com. "Claro que ficámos desiludidos por termos perdido, porque tivemos boas oportunidades e eles acabaram por marcar a três minutos do fim. Temos de esperar que o resultado seja melhor na segunda mão, mas jogando em casa temos boas hipóteses".

Sem desculpas
A viagem dos sevilhanos à Turquia esteve longe de ser fácil: para além de terem jogado perante 45 mil fervorosos adeptos do Fenerbahçe, o Estádio Sükrü Saraçoglu estava, na véspera do encontro, coberto por um tapete de neve devido a um rigoroso fim-de-semana de inverno em Istambul. No entanto, Poulsen não arranja desculpas. "A atmosfera em Istambul é sempre extraordinária e eles têm adeptos fervorosos", lembrou. "Foi um bom jogo da Champions League, com cinco golos. O relvado estava aceitável, muito bom até, tendo em conta o estado do tempo nos dias que antecederam o encontro".

Hipóteses divididas
Antigo jogador do FC København e do FC Schalke 04, Poulsen, que completou 28 anos de idade na passada quinta-feira, mostra-se optimista quanto à perspectiva da sua equipa garantir o apuramento para os quartos-de-final. "Estávamos a contar segurar o empate a dois até ao final do primeiro jogo, o que teria sido um resultado muito bom", concluiu. "Agora vamos ter de ganhar em casa. Continuo a achar que podemos seguir em frente, embora o Fenerbahçe seja uma boa equipa. Vai ser um jogo muito aberto em Sevilha e penso que as hipóteses estão em 50 por cento para cada lado".