Recordes à vista

Liverpool e Milan terão oportunidade de registar novos recordes quando se encontrarem na final da UEFA Champions League.

Quando o Liverpool FC e o AC Milan se encontrarem na final da UEFA Champions League, a 23 de Maio, terão oportunidade de registar novos recordes, tanto para os clubes em si como para os respectivos países.

Honra nacional
A Espanha venceu a principal competição europeia de clubes por 11 vezes, mas Inglaterra e Itália seguem de perto, com menos um triunfo. Qualquer que seja o vencedor, fará companhia à Espanha na liderança da história do torneio. Mas este é apenas um dos marcos em causa nesta segunda final entre as duas equipas no espaço de três temporadas.

Finais em números
A presença do Milan na final constitui a 25ª onde participaram formações transalpinas, mais cinco do que a Espanha. Mas, com apenas dez vitórias, a presença nas finais não tem sido de boa memória para o país cuja selecção venceu o último Campeonato do Mundo. Esta lógica não se aplica aos clubes com mais conquistas entre estes países; o Real Madrid CF venceu nove das 12 finais em que participou, ao passo que o Milan conseguiu seis em dez.

Pontaria inglesa
No que respeita a presenças em finais e vitórias na prova, a Inglaterra fica um pouco atrás de italianos e espanhóis, mas poderá registar um novo feito. As equipas inglesas estiveram em 13 finais, menos 11 que as italianas, mas têm o mesmo número de vitórias. Não há melhor exemplo do que o Liverpool para ilustrar uma equipa talhada para vencer finais, com cinco vitórias em seis presenças.

Reis dos penalties