O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Strachan satisfeito

Gordon Strachan acredita que se marcar ao Milan em San Siro o Celtic terá enormes possibilidades de prolongar a aventura europeia.

Os treinadores de Celtic FC e AC Milan, Gordon Strachan e Carlo Ancelotti, respectivamente, ficaram ambos satisfeitos com o desempenho das suas equipas em Glasgow. Em sintonia, os técnicos elogiaram a capacidade de luta dos seus jogadores e permanecem ambos confiantes para o decisivo embate da segunda mão, que terá lugar dentro de duas semanas, em Itália.

Gordon Strachan, treinador do Celtic
Continuamos na discussão da eliminatória, o que é um enorme feito para os nossos jogadores, considerando que estamos a defrontar uma das melhores equipas do Mundo. Vamos a San Siro conscientes que se conseguirmos um golo poderemos ter a fantástica oportunidade de seguir em frente. Se acreditarmos mais em nós próprios, teremos hipóteses de avançar na prova. Foi uma boa lição para nós, pois possuímos um conjunto muito jovem. O nosso quarteto defensivo é particularmente novo e foi a primeira vez que actuou junto num jogo desta envergadura. Quando comparamos com a experiência do Milan só posso ficar muito satisfeito com o desempenho dos meus jogadores. A nossa atitude foi dez em dez, mas a vertente técnica do nosso jogo foi apenas cinco numa escala de dez valores. Se pudermos melhorar um pouco nesse particular, talvez possamos surpreender o Milan. Eles circularam muito bem a bola, sobretudo na ponta final do jogo, mas a nossa coragem e determinação em não perder foi de primeira classe.

Carlo Ancelotti, treinador do AC Milan
Depois deste jogo, penso que temos grandes hipóteses de passar à próxima ronda. Precisamos de vencer o jogo em casa e, enquanto o Celtic tem capacidade para marcar, tenho certeza que nós o faremos. Realizámos uma partida muito boa, exactamente como eu pretendia, e acredito que no nosso estádio poderemos obter o resultado que precisamos. Estou muito contente com a exibição. Concedemos raras oportunidades ao adversário e criámos algumas boas ocasiões. O Celtic foi sempre perigoso nos lances de bola parada, mas também lidámos muito bem com isso. Foi importante não termos permitido que jogassem da forma a que estão habituados, sendo muito bem sucedidos nessa tarefa. O nosso meio-campo esteve excelente esta noite.