Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

B36 entra com o pé direito

Ronda da UEFA Champions League: O B36 Tórshavn já pode começar a pensar na segunda pré-eliminatória, onde tem à sua espera os turcos do Fenerbahçe.

A UEFA Champions League de 2006/07 já começou, com a realização dos jogos da primeira mão da primeira pré-eliminatória. O B36 Tórshavn, campeão das Ilhas Faroé, deu um passo importante rumo a um embate na próxima ronda contra o Fenerbahçe SK, ao passo que os seus vizinhos do FH Hafnarfjördur também ganharam. O FC Sioni Bolnisi, da Geórgia, venceu o derby do Cáucaso com o FK Baku, do Azerbaijão.

Birkirkara FC 0-3 B36 Tórshavn 
O B36 pode começar a pensar na segunda pré-eliminatória, em que terá como adversários os turcos do Fenerbahçe, depois da confortável vitória que conseguiu no Estádio Nacional de La Valletta. Dois golos marcados na primeira parte pelo avançado marfinense Sylla Amed Davy, e mais um apontado nos minutos finais por Hanus Thorleifsson, deixaram os campeões de Malta com poucas hipóteses para a partida da segunda mão. O Birkirkara pode lamentar as ausências dos avançados Michael Galea e Etienne Barbara, mas nem o calor mediterrânico impediu a equipa do Norte da Europa de chegar ao triunfo.

FC TVMK Tallinn 2-3 FH Hafnarfjördur 
O primeiro jogo na UEFA Champions League para os campeões da Estónia terminou em decepção, pois um remate certeiro de Atli Gudnason deu a vitória ao Hafnarfjördur nos instantes finais. O TMVK perdeu o defesa-direito Vladislavs Gabovs no início da partida, devido a lesão, e os visitantes não demoraram a controlar o encontro. Tryggvi Gudmundsson abriu o marcador aos 33 minutos, após um cruzamento preciso de Olafur Snorrason. Sigurvin Olafsson dobrou a vantagem dos nórdicos a meio da segunda parte. Kert Haavistu reduziu para 2-1 e, cinco minutos depois, Viktors Dobrecovs restabeleceu a igualdade, na transformação de uma grande penalidade. Contudo, ainda houve tempo para Gudnason voltar a colocar o Hafnarfjördur na frente do marcador.

FC Pyunik 0-0 FC Sheriff
O primeiro jogo da UEFA Champions League de 2006/07 terminou empatado a zero, na Arménia. O Sheriff entrou melhor e podia ter desfeito o nulo aos 23 minutos, mas Gevorg Kasparov defendeu os remates de Aleksei Kuchuk e Alexandu Epureanu. Kasparov voltou a salvar a equipa da casa antes do intervalo, negando outra vez o golo a Epureanu e depois também a George Florescvu e Andrei Corneencov. A segunda parte foi menos interessante, mas ambas as equipas tiveram oportunidades para marcar. Razak Omotoyossi, que tinha entrado no Sheriff, atirou por cima da barra, e Boris Melkonyan, do Pyunik, viu um bom remate ser desviado para canto.

FC Sioni Bolnisi 2–0 FK Baku
O derby do Cáucaso foi favorável à equipa da Geórgia. O Sioni ganhou vantagem, graças a dois golos marcados nos minutos finais por jogadores que tinham saltado do banco. O Baku jogou quase uma hora com apenas nove unidades, na sequência dos cartões vermelhos mostrados a Vagiz Guliyev e Ramazan Abbasov, ainda na primeira parte. O primeiro golo foi marcado aos 70 minutos por Fridolin Boyomo, um dos três camaroneses contratados pelo Sioni neste Verão, que rematou de forma imparável, aproveitando um passe bem medido de Akaki Mikuchadze. A um minuto do fim, Vladimir Ugrekhelidze fez o 2-0, dando o melhor seguimento a um cruzamento de Levan Shavgulidze.

F91 Dudelange 0-1 FK Rabotnicki
O Dudelange, bicampeão do Luxemburgo, foi derrotado pelo Rabotnicki, apesar de ter feito uma boa exibição e de ter sido fortemente apoiado pelos cerca de mil espectadores presentes no estádio do Grão Ducado. Bellini, Joris Di Gregorio e Stéphane Martine desperdiçaram boas oportunidades para dar vantagem à equipa da casa, que dominou durante a primeira hora da partida. Aos 77 minutos, o Rabotnicki chegou ao golo, por intermédio de Krste Velkoski, colocando-se em boa posição para o jogo da segunda mão, que se realizará em Skopje na próxima semana.

KS Elbasani 1-0 FK Ekranas
Um golo de Gentian Stojku, a 15 minutos do fim, garantiu uma vantagem preciosa aos campeões albaneses. Apesar de ter dominado toda a primeira parte, a equipa da casa falhou várias ocasiões para marcar pelos desinspirados Klevis Dalipi, Dorian Bylykbashi e Ilir Qorri, e seriam dois jogadores vindos do banco a fabricar a jogada do golo do triunfo. Daniel Xhafaj cruzou para a cabeça de Stojku e este encontrou o caminho para a baliza do Ekranas. Ilir Daja, treinador do Elbasani, afirmou depois do jogo: "Estou muito feliz com esta vitória. Foi um bom jogo e os meus jogadores mereceram ganhar. O apoio dos adeptos foi sensacional".

Linfield FC 1-3 NK Gorica
As esperanças do Linfield de seguir em frente nas provas europeias sofreram um forte abalo com a derrota sofrida ante os eslovenos do NK Gorica, no Windsor Park. Dois golos de Enes Demirović, marcados na primeira meia-hora de jogo, foram decisivos. A dez minutos do intervalo, o Linfield beneficiou de um penalty, mas Peter Thompson falhou a conversão. Aos 60 minutos, Mark Dickson marcou finalmente para os anfitriões, na transformação de um livre directo, mas a meio da segunda parte o Gorica voltou a alargar a vantagem, chegando ao 3-1 por intermédio de Jani Sturm.

Topo