Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Inter segue em frente

FC Internazionale Milano 1-0 AFC Ajax (total: 3-2)
A equipa de Luís Figo passou com naturalidade aos quartos-de-final, após uma vitória caseira frente ao Ajax.

O FC Internazionale Milano carimbou o passaporte para os quartos-de-final da UEFA Champions League, após uma vitória caseira, por 1-0, perante os holandeses do AFC Ajax.

Adeptos regressam
Este foi o primeiro encontro europeu à 'porta aberta' no Giuseppe Meazza na presente temporada, já que o Inter actuou sem adeptos nos primeiros três compromissos da fase de grupos, como castigo pelo mau comportamento dos seus ‘tiffosi’ nos quartos-de-final da temporada passada, quando o guarda-redes do AC Milan, Dida, foi atingido por um petardo.

Figo a titular
Depois de um empate a duas bolas em Amesterdão, o conjunto “nerazzurri” partiu para o encontro da segunda mão sem o castigado Iván Córdoba, ao passo que Juan Sebastián Verón e Luís Figo (estavam em dúvida) foram titulares. Por outro lado, Nourdin Boukhari, recuperado de uma lesão, foi o principal regresso na turma orientada por Danny Blind, que não pôde contar com o indisponível Johnny Heitinga.

Martins acerta na barra
O Inter entrou muito bem na partida - impulsionado por um começo excelente de Luís Figo -, revelando vontade de resolver cedo a eliminatória. Assim, pertenceu à turma da casa a primeira oportunidade de golo, aos 12 minutos, após um remate espontâneo de Obafemi Martins. O disparo do atacante embateu com estrondo na barra da baliza à guarda de Stekelenburg.

Adriano falha penalty
Depois de 20 minutos de intensa pressão por parte do conjunto italiano, o Inter abrandou um pouco o ritmo de jogo, sem que, no entanto, a turma holandesa conseguisse causar apuros de maior à defensiva dos milaneses. Aos 25 minutos, a equipa de Roberto Mancini dispôs de uma grande penalidade, após uma iniciativa de Stankovic no lado esquerdo. Lindenbergh interceptou com a mão o cruzamento do internacional sérvio, mas Adriano desperdiçou a soberana ocasião para colocar a sua equipa em vantagem, já que o atacante brasileiro atirou ao lado.

Ajax responde
O Ajax moralizou-se e partiu em busca do golo, tendo lançado um aviso aos 33 minutos, após remate de Rosales para defesa fácil de Toldo. No minuto seguinte, foi a vez de Pienaar causar perigo com um disparo do ‘meio da rua’, com a bola a passar muito perto do alvo. O Inter respondeu aos 37 minutos, com Martins e Adriano a desperdiçarem boas oportunidades, perante uma boa réplica dos defesas holandeses, que afastaram o perigo.

Golo de Stankovic
O conjunto transalpino voltou a entrar bem no segundo tempo e Adriano levou o perigo à área holandesa logo aos 48 minutos, após uma arrancada pelo lado direito. Contudo, o cruzamento do atacante brasileiro não encontrou nenhum companheiro no interior da área. Aos 57 minutos, a turma da casa materializou o ascendente e chegou finalmente ao golo, após um excelente trabalho de Stankovic pelo lado esquerdo. A desmarcação contou com a assinatura de Walter Samuel e o lance foi concluído com um remate indefensável do internacional sérvio, ao poste mais distante.

Ajax desperdiça
A formação “nerazzurri” continuou a dominar as operações após o golo, numa fase em que o Ajax revelava ter acusado o tento inaugural em demasia, apesar de ter praticado um futebol atraente ao longo de todo o jogo. Aos 72 minutos, o Ajax desperdiçou a sua melhor oportunidade de golo, com Trabelsi a falhar o alvo em boa posição. Os milaneses foram gerindo a vantagem até ao final do encontro, garantindo o triunfo que, aliado ao empate na primeira mão, lhes vale a passagem à fase seguinte.

Villarreal no horizonte
O conjunto onde alinha o internacional português Luís Figo vai assim defrontar os espanhóis do Villarreal CF nos quartos-de-final, alinhando primeiro em casa, no dia 29 deste mês, e viajando em seguida a Espanha, no dia 4 de Abril.

Topo