Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

1980/81: Paisley entra na história

1980/81: Paisley entra na história
1980/81: Paisley entra na história ©Getty Images

Liverpool FC 1-0 Real Madrid CF

Na temporada de 1980/81, a Taça dos Clubes Campeões Europeus ficou em Inglaterra pelo quinto ano consecutivo, tendo apenas mudado da galeria do Nottingham Forest FC para a do Liverpool FC. O Forest, campeão em título, ficou pelo caminho logo na primeira eliminatória, frente ao FC CSKA Sofia, deixando o centro das atenções nas quatro equipas que, entre elas, haviam conquistado a taça por 13 vezes: Real Madrid CF, Internazionale FC, FC Bayern München e Liverpool.

Kennedy decisivo
Os "merseysiders" entraram com o pé direito. Depois de marcarem 11 golos ao FC Oulu, conseguiram vitórias convincentes diante do Aberdeen FC, de Alex Ferguson, e do CSKA. O Bayern, adversário nas meias-finais, foi mais difícil de bater. Confiantes depois de uma vitória, por 6-2, sobre o FC Baník Ostrava, Rummenigge e companhia ficaram ainda mais moralizados pelo nulo conseguido em Anfield. No entanto, passadas duas semanas, um empate a uma bola, com um golo de Ray Kennedy, seria suficiente para colocar o Liverpool na final, pela regra dos tentos apontados fora de casa.

Paisley vezes três
Para encontrar o adversário da final, teve lugar um embate de gigantes. O Real, que deixara pelo caminho o Limerick FC, Kispest Honvéd FC e FC Spartak Moscka, teve que defrontar o Inter, a quem venceu por 2-1, no conjunto das duas mãos. Mas a equipa espanhola não conseguiu manter a senda de vitórias na final, ao contrário de Bob Paisley. Aos 81 minutos, o defesa Alan Kennedy avançou no relvado e marcou, aos 81 minutos, fazendo do seu treinador o primeiro a conseguir três troféus ao serviço do mesmo clube.

Topo