O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Porto 0-2 Chelsea: Mount e Chilwell deixam Chelsea na frente da eliminatória

Golos de Mason Mount e Ben Chilwell colocam os "Blues" em boa posição na eliminatória frente ao Porto.

 Chelsea festeja o seu segundo golo
Chelsea festeja o seu segundo golo Chelsea Football Club

O Chelsea continua firme sob o comando de Thomas Tuchel, depois da vitória por 2-0 sobre o Porto na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League, num jogo disputado em Sevilha.

Como tudo aconteceu, reacções

O jogo em poucas palavras

Veja o golo fantástico de Mount frente ao Porto
Veja o golo fantástico de Mount frente ao Porto

O Porto teve as suas oportunidades na primeira parte, mas seria num momento mágico de Mount a fazer a diferença no marcador, com o médio inglês a escapar-se com mestria a Zaidu para bater Agustín Marchesín com um remate colocado ao poste mais distante.

A equipa da casa teve mais ocasiões depois do intervalo, com Moussa Marega a desperdiçar na cara de Edouard Mendy, mas os "Blues" foram mais eficazes, mesmo tendo desperdiçado um par de lances.

César Azpilicueta falhou o cabeceamento à boca da baliza e Christian Pulišić acertou na barra, mas seria Ben Chilwell, que aproveitou a má recepção de Jesús Corona para contornar Marchesín e fazer o segundo golo da noite.

Melhor em Campo: Jorginho (Chelsea)

"Foi dele o passe para Mount para o primeiro golo e esteve sempre muito activo no jogo, pronto para receber a bola. Também muito bem defensivamente, no lugar certo em todo o lado."
Cosmin Contra, Observador Técnico da UEFA

 Jorginho foi o Melhor em Campo
Jorginho foi o Melhor em CampoUEFA via Getty Images

Confira os Melhores em Campo de todos os jogos da presente edição da UEFA Champions League. 

Carlos Machado, repórter do Porto

O Porto foi a melhor equipa durante largos períodos, mas duas falhas defensivas custaram caro aos portistas. A equipa portuguesa foi corajosa e executou bem o seu plano de jogo, mas não conseguiu marcar. No entanto, provou que pode competir com o Chelsea, pelo que a eliminatória não está terminada. Terão de ser mais eficazes na hora de marcar e focados na defesa.

Jon Phipps, repórter do Chelsea

Uma exibição corajosa e determinada do Chelsea, iluminada por dois momentos de grande qualidade. Soube resistir à pressão durante grande parte desta primeira mão, mas fê-lo de forma competente mantendo-se fortes ante o jogo do Porto. A forma como Mount recebeu e rodou foi sublime no primeiro golo, e o tento de Chilwell foi também especial. Um desempenho sólido face à pressão constante e dois golos fora de casa são tudo o que Tuchel podia desejar.

Reacções

Mason Mount, médio do Chelsea: "Estou muito satisfeito pelo primeiro golo [na Champions League] ter ajudado numa grande vitória. Sabíamos que ia ser um jogo complicado, já que o Porto é uma equipa muito difícil de defrontar. Mas mostrámos segurança e conseguimos somar uma boa vitória, embora ainda falte jogar a outa metade da eliminatória. O trabalho ainda não está acabado, eles vão lutar até ao fim e nós vamos voltar a ter de dar o nosso máximo.

Thomas Tuchel, treinador do Chelsea: "O resultado é excelente frente a uma fantástica equipa do Porto. Houve muitos momentos em que sofremos, mas soubemos como o fazer. Estamos muito felizes por sair daqui com este resultado, mas estamos apenas no intervalo. O Porto é um clube que prima pelo orgulho e emocionalmente forte, que não desiste."

Sérgio Conceição, treinador do Porto: "O resultado é extremamente injusto, mas o que conta são os golos que o Chelsea marcou e nós não. A equipa fez um jogo muito bom, sempre consistente em termos defensivos, a atacar sempre com perigo. Dentro do que foi planeado, os jogadores foram fantásticos. O primeiro remate do Chelsea deu golo. Não abanámos e fomos à procura do golo. A segunda parte foi praticamente a mesma coisa, nós a conseguir algumas situações, mas sem conseguir marcar e o resultado é o mais importante nestes jogos."

Uribe, médio do Porto: "Faltou-nos ser mais contundentes. Eles tiveram metade das oportunidades e marcaram dois golos. Saímos do jogo de cabeça erguida e podemos dar a volta com a qualidade dos jogadores que temos. Estamos confiantes de que com o bom trabalho podemos causar problemas ao Chelsea. Temos de corrigir os erros que cometemos, não podem acontecer contra estas equipas."

Principais estatísticas

• Mount e Chilwell marcaram os primeiros golos de sempre na UEFA Champions League.

• Aos 22 anos e 87 dias, Mount tornou-se no mais jovem goleador de sempre do Chelsea numa eliminatória da UEFA Champions League.

• Pepe fez o jogo 103ª na UEFA Champions League (da fase de grupos à final), estando agora com os mesmos encontros de Luís Figo.

• César Azpilicueta fez o jogo 150 como capitão do Chelsea.

• Mateo Kovačić fez o seu 50º jogo na UEFA Champions League, da fase de grupos à final.

Edouard Mendy não sofreu qualquer golo
Edouard Mendy não sofreu qualquer golo Getty Images

Equipas iniciais

Porto: Marchesín; Manafá (Francisco Conceição 83), Mbemba, Pepe, Zaidu; Corona, Grujić, Uribe, Otávio (Toni Martínez 83); Luis Diáz, Marega (Fábio Vieira 83)

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Christensen, Rüdiger; James (Thiago Silva 80), Jorginho, Kovačić (Emerson 90+2) Chilwell; Mount (Kanté 80), Havertz (Giroud 65), Werner (Pulišić 65)

O que se segue?

Ambas as equipas jogam sábado para os respectivos campeonatos, com o Porto a deslocar-se a Tondela e o Chelsea a jogar também fora, mas com uma curta deslocação a casa do 12º da tabela, o Crystal Palace. A segunda mão joga-se terça-feira, dia 13 de Abril.