Antevisão do Bayern - Chelsea: onde ver, equipas prováveis, notícias

O Bayern recebe o Chelsea na segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League: saiba tudo.

Robert Lewandowski tem 51 golos pelo Bayern em 2019/20
Robert Lewandowski tem 51 golos pelo Bayern em 2019/20 Getty Images

O Bayern recebe o Chelsea na segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League a 8 de Agosto, pelas 20h00 (GMT). Aqui vai ficar a saber as notícias das equipas e declarações dos treinadores.

Preparativos: Bayern - Chelsea


Onde ver o jogo na TV

Saiba aqui os detentores dos direitos de transmissão dos jogos da UEFA Champions League do local onde está.

O que aconteceu na primeira mão?


O Bayern surpreendeu os "blues" a 25 de Fevereiro. Serge Gnabry marcou duas vezes no espaço de quatro minutos no começo da segunda parte, mas foi o terceiro dos visitantes que ficou na retina. Philippe Coutinho lançou o promissor Alphonso Davies que, depois de uma bela arrancada pela esquerda, colocou a bola para Robert Lewandowski finalizar à boca da baliza.

Equipas prováveis

Bayern: Neuer; Kimmich, Boateng, Alaba, Davies; Thiago, Goretzka; Gnabry, Müller, Perišić; Lewandowski
Ausente: Pavard (tornozelo)
Em dúvida: Coman (coxa) 
Em risco de exclusão
: Kimmich, Thiago
Jogadores adicionados ao plantel: Arrey-Mbi, Musiala, Tillman
Jogadores retirados ao plantel: Mai, Batista Meier, Singh, Zirkzee

Bayern: percurso e perfil

Chelsea: Caballero; Rüdiger, Christensen, Zouma; James, Kovačić, Barkley, Emerson; Mount, Giroud, Hudson-Odoi
De fora: Alonso (suspenso), Jorginho (suspenso), Pulišić (tendão da perna), Azpilicueta (tendão da perna), Pedro (ombro), Gilmour (joelho)
Em dúvida: Kanté (tendão da coxa), Willian (não especificado), Loftus-Cheek (tendão da perna)
Em risco de exclusão
: Azpilicueta
Jogadores adicionados ao plantel: nenhum
Jogadores retirados ao plantel: nenhum

Chelsea: época até agora e perfil


Últimos resultados

Bayern
Forma: VVVVVV (todas as competições, mais recente primeiro)
Resumo da época nacional: 1º da Bundesliga, vencedor da Taça da Alemanha

Chelsea
Forma: DVDVVD
Resumo da época nacional: 4º na Premier League, finalista da Taça de Inglaterra

Todos os golos do Chelsea nesta edição da Champions League
Todos os golos do Chelsea nesta edição da Champions League

Declarações dos treinadores

Hans-Dieter Flick, treinador do Bayern: "É uma questão de respeito. Vimos o desempenho do Chelsea desde o recomeço. Vamos seguir a mesma abordagem de sempre mas também temos de nos concentrar nos nossos próprios pontos fortes. Estamos concentrados a 100% no próximo jogo. Não pensamos no que pode vir a seguir. Queremos vencer todos os jogos e ter um desempenho como sabemos que podemos".

Frank Lampard, treinador do Chelsea: "Acredito que podemos [dar a volta]. Precisamos, os jogadores precisam e é uma tarefa enorme. Temos que entender a situação em que estamos. Será extremamente difícil. Temos que acreditar que temos a oportunidade de fazer algo especial. Temos que jogar com confiança".

Confrontos anteriores

• Na final da UEFA Champions League de 2012, um cabeceamento de Thomas Müller, aos 83 minutos, parecia ter dado a vitória ao Bayern de Jupp Heynckes perante os seus adeptos na Fußball Arena München. No entanto, cinco minutos depois, Didier Drogba empatou também de cabeça para o Chelsea, treinado por Roberto Di Matteo. Arjen Robben, antigo extremo dos londrinos, permitiu que Petr Čech defendesse uma grande penalidade no prolongamento e o guarda-redes acentuou a depressão do Bayern ao parar mais três disparos no desempate por grandes penalidades, apesar de Juan Mata também ter falhado a sua tentativa. Čech defendeu as conversões de Ivica Olić e de Bastian Schweinsteiger, permitindo a Drogba decidir a final e dar o triunfo ao Chelsea, por 4-3. Lampard converteu a terceira tentativa do Chelsea, ao passo que Manuel Neuer marcou um dos remates do Bayern, que contou com Jérôme Boateng durante os 120 minutos.

• O Bayern venceu a Supertaça Europeia de 2013 no reencontro entre os dois clubes na Eden Arena, em Praga. O Bayern, treinado por Josep Guardiola, conseguiu anular duas desvantagens, com Franck Ribéry (47) e Javi Martínez (120+1) a responderem aos golos de Fernando Torres (8) e de Eden Hazard (93) para forçar novo desempate com o Chelsea, desta vez com José Mourinho no comando. O Bayern venceu por 5-4 nas grandes penalidades: Romelu Lukaku, do Chelsea, viu Neuer defender a décima tentativa. David Alaba converteu o primeiro remate do Bayern; Lampard voltou a marcar o terceiro pontapé do Chelsea.

Veja o bis de Lampard contra o Bayern em 2005
Veja o bis de Lampard contra o Bayern em 2005

• Bayern e Chelsea encontraram-se pela primeira vez nos quartos-de-final da UEFA Champions League de 2004/05, quando os “azuis” de Mourinho se impuseram por um total de 6-5 ao Bayern de Felix Magath. O Chelsea ganhou por 4-2 em casa na primeira mão, num jogo em que Lampard bisou e voltaria a acertar na baliza alemã na segunda mão, quando o Bayern venceu por 3-2, mas acabaria eliminado.

• O registo do Bayern em seis desempates por penáltis na UEFA é de V5 D1:
4-3 Åtvidaberg, 1ª eliminatória da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1973/74
9-8 PAOK, 2ª eliminatória da Taça UEFA de 1983/84
5-4 Valência, final da UEFA Champions League de 2000/01
3-1 Real Madrid, meias-finais da UEFA Champions League de 2011/12
3-4 Chelsea, final da UEFA Champions League de 2011/12
5-4 Chelsea, Supertaça Europeia de 2013

• O registo do Chelsea em seis desempates por penáltis na UEFA é de V2 D4:
1-4 Liverpool, meias-finais da UEFA Champions League de 2006/07
5-6 Manchester United, final da UEFA Champions League de 2007/08
4-3 Bayern, final da UEFA Champions League de 2011/12
4-5 Bayern, Supertaça Europeia de 2013
4-3 Eintracht Frankfurt, meias-finais da UEFA Europa League de 2018/19
4-5 Liverpool, Supertaça Europeia de 2019

Ligações e curiosidades

• Jogaram em Inglaterra:
Philippe Coutinho (Liverpool 2013–18) Serge Gnabry (Arsenal 2011–16, West Brom 2015/16 (empréstimo)) Jérôme Boateng (Manchester City 2010/11)

• Coutinho bisou na vitória do Liverpool por 3-1, em Stamford Bridge, num encontro da Premier League disputado a 31 de Outubro de 2015.

• Jogaram na Alemanha:
Andreas Christensen (Mönchengladbach 2015–17 (empréstimo))
Christian Pulišić (Dortmund 2016–19)
Michy Batshuayi (Dortmund 2018 (empréstimo))
Antonio Rüdiger (Estugarda 2011–15)

• Müller marcou duas vezes e fez uma assistência quando a Alemanha venceu por 4-1 a Inglaterra, onde jogava Lampard, em encontro dos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de 2010.

• Müller marcou um golo e fez uma assistência quando a Alemanha bateu o Brasil de Willian, por 7-1, nas meias-finais do Mundial 2014.

• Colegas de selecção:
Philippe Coutinho e Willian (Brasil)
Lucas Hernandez; Benjamin Pavard, Kingsley Coman, Corentin Tolisso e N'Golo Kanté, Kurt Zouma e Olivier Giroud (França);
Thomas Müller, Joshua Kimmich, Manuel Neuer, Jérôme Boateng, Serge Gnabry, Leon Goretzka e Antonio Rüdiger (Alemanha);
Ivan Perišić e Mateo Kovačić (Croácia);
Thiago Alcántara, Álvaro Odriozola, César Azpilicueta, Marcos Alonso e Pedro Rodríguez (Espanha)

• Kanté, Giroud, Hernandez, Pavard e Tolisso fizeram parte da selecção da França que venceu o Campeonato do Mundo de 2018. Perišić marcou para a Croácia na vitória da França na final, por 4-2.

• Jorginho marcou o golo da Itália no empate 1-1 contra a Polónia de Lewandowski em partida da UEFA Nations League disputada em Outubro de 2018.