Real Madrid 1-2 Manchester City: Reviravolta nos pés de De Bruyne

Gabriel Jesus e Kevin De Bruyne deram ao Manchester City uma preciosa vantagem de 2-1 na casa do Real Madrid.

Resumo: Real Madrid 1-2 Man. City
Resumo: Real Madrid 1-2 Man. City

O Manchester City deu a volta ao marcador para garantir uma importante vitória por 2-1 na casa do Real Madrid na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League

REAL MADRID V MAN. CITY: COMO TUDO ACONTECEU

Resumo do jogo

Gabriel Jesus festeja o primeiro golo do Manchester City em Madrid
Gabriel Jesus festeja o primeiro golo do Manchester City em MadridGetty Images

A movimentação ofensiva do City foi um dos aspectos mais surpreendentes da primeira parte, pois Gabriel Jesus apareceu na esquerda e foi sua a primeira ocasião de golo, com Thibaut Courtois a conseguir impedir o pior. Ederson fez o mesma na outra baliza, ao parar um cabeceamento de Karim Benzema com uma enorme intervenção. Jesus voltou a estar perto antes do intervalo, mas Sergio Ramos e Federico Valverde conseguiram tirar a bola em cima da linha.

Riyad Mahrez apareceu muito interventivo depois do intervalo, primeiro com um remate em arco que passou perto e, depois, viu Courtois negar-lhe o golo em duas ocasiões. Isco, no entanto, não precisou de mais de uma situação para marcar, e, em cima da hora de jogo, depois do City ter perdido a bola no seu meio-campo, Vinícius Júnior isolou-se para assistir o seu companheiro.

Kevin De Bruyne estava a ganhar importância no encontro e, após uma jogada de insistência pela esquerda, o capitão dos visitantes colocou com mestria a bola na cabeça Jesus, que bateu Courtois. De Bruyne completaria a reviravolta dos 11 metros, depois de Raheem Sterling ter sido derrubado na área por Carvajal. Haveria ainda tempo para um cartão vermelho para Sergio Ramos, que culminou uma noite de desilusão para os da casa.

Melhor em Campo: Kevin De Bruyne (Man. City)

Roberto Martínez, observador técnico da UEFA: "Ele foi o centro de todas as jogadas perigosas de ataque do City. O posicionamento inteligente quando recebe a bola permitiu ao City criar diferentes vantagens numéricas em campo, para além de ter tomado decisões fantásticas. Mesmo na marcação do penalty."

A UEFA começou a distinguir com um prémio oficial o Melhor em Campo de cada jogo a partir dos oitavos-de-final da UEFA Champions League, de forma a reconhecer os melhores desempenhos na principal prova europeia de clubes.

Reacções

Kevin De Bruyne, Melhor em Campo: "Foi um começo muito bom para esta primeiro mão. Nos primeiros 15 minutos, tivemos algumas dificuldades, mas conseguimos passar a tempestade. Foi uma primeira parte bem equilibrada e começámos bem a segundo parte, mas sofremos um golo numa altura em que estávamos a dominar, mas a nossa resposta foi a melhor - um lindo golo de Gaby e o segundo gol que marquei, de penalty, que foram muito importantes. Foi um grande começo para nós."

Josep Guardiola, treinador do Man. City: "Tentámos chegar aqui e vencer o jogo e conseguimos. Esta foi apenas a primeira parte. Se há equipa que consegue dar a volta a uma situação destas é este clube."

Zinédine Zidane, treinador do Real Madrid: "Não estou feliz por termos jogado bem e, a dez minutos do final, mudarmos e cometemos erros que nos penalizaram. Precisávamos de 90 minutos de concentração total - especialmente contra uma equipa como o City. Sabemos que resta ainda metade da eliminatória e agora tudo é mais simples - temos que ir a casa do City e vencer".

Os jogadores do Manchester City agradecem os aplausos dos adeptos
Os jogadores do Manchester City agradecem os aplausos dos adeptosAFP

Estatísticas-chave

  • Este foi o primeiro jogo da Champions League no Bernabéu a terminar sem golos ao intervalo desde a segunda mão dos quartos-de-final contra o Bayern em Abril de 2017.
  • Karim Benzema fez o jogo 100 na UEFA Champions League pelo Real Madrid
  • O City foi o único dos quatro clubes ingleses em prova a marcar na primeira mão das oitavas-de-final.
  • O tento de Isco foi o primeiro golo de Isco na Champions League desde Setembro de 2018.
  • Jesus marcou em todos os três jogos que dos oitavos-de-final da Champions League que jogou.
  • Este foi o primeiro golo de De Bruyne na Champions League desde Setembro de 2017 - e o seu primeiro nas rondas a eliminar desde Abril de 2016.
  • O Real Madrid venceu apenas três dos últimos dez jogos europeus no Bernabéu (E3 D4).
  • Esta é a primeira vitória do City fora numa ronda a eliminar ante um clube espanhol nas competições da UEFA (E1 D4); em casa e fora, uma vitória em casa por 3-0 contra o Athletic Club na segunda mão da primeira eliminatória da Taça dos Vencedores das Taças de 1969/70 foi a sua única vitória antes desta noite (E3 D6)

Line-ups

Real Madrid: Courtois: Carvajal, Varane, Ramos, Mendy; Modrić (Lucas Vázquez 84), Casemiro, Valverde; Isco (Jović 84), Benzema, Vinícius Júnior (Bale 75)

Man. City: Ederson; Walker, Otamendi, Laporte (Fernandinho 33), Mendy; Gündoğan, Rodri, De Bruyne; Mahrez, Jesus, Bernardo (Sterling 73)

Topo