Alegria e alívio para Braga

Dito mostrou-se aliviado pelo facto de a sua equipa de Braga ter conseguido afastar a pressão e batido a Região de Zlíon na estreia no Grupo A, enquanto Petr Zapletal continua motivado.

Pedro Nobre (Braga) passa por Jiři Valášek (Zlín)
©FPF

Dito, treinador da equipa de Braga, revelou-se aliviado após os seus jogadores terem conseguido ultrapassar a pressão inerente ao facto de jogarem em casa e selado um triunfo por 3-1 sobre a Região de Zlín na estreia no Grupo A da Taça das Regiões da UEFA.

Braga 3-1 Região de Zlín

Dito, treinador de Braga
O facto de estarmos a jogar em casa aumentou a pressão sobre os nossos jogadores e isso foi bem visível na primeira parte do encontro desta tarde. Eles demoraram muito tempo a ultrapassar isso e a melhorar a sua qualidade de jogo. Falei com eles ao intervalo e penso que eles entenderam a minha mensagem. Conseguiram sacudir a pressão dos seus ombros e acho que a segunda parte foi completamente diferente. Fomos a melhor equipa e merecemos esta vitória. Os meus jogadores sentiram problemas físicos, ressentindo-se do facto de estarmos no final de uma longa temporada. Espero que eles possam recuperar bem para o nosso próximo jogo. Esta foi a nossa primeira partida e não sabíamos rigorosamente nada do nosso adversário, mas isso vai mudar para a segunda jornada, uma vez que vamos poder ver um DVD do outro encontro do Grupo A que teve lugar hoje.

Petr Zapletal, treinador da Região de Zlín
Antes de tudo quero agradecer a Portugal pela forma como fomos recebidos. Hoje assistimos a um jogo dramático. Demos o nosso melhor para ter posse de bola no meio-campo do nosso adversário, mas Braga foi muito melhor nesse capítulo do jogo. Ao intervalo pedi aos meus jogadores para aumentarem a velocidade, mas o encontro complicou-se muito para nós após a expulsão de um jogador nosso. Perdemos este jogo, mas o torneio ainda não acabou e já estamos a pensar no nosso próximo adversário. As nossas ambições continuam as mesmas e vamos jogar para ganhar.

 

Topo